Siga-nos

Perfil

Expresso

Desporto

WRC/Rali da Catalunha: Sébastien Ogier com o título na mão

  • 333

Jaume Sellart / EPA

O título só poderá fugir ao piloto se cometer algum erro na etapa de amanhã, o que não é muito provável. O duelo hispano-francês, entre Sébastien Ogier e Dani Sordo, foi intenso

O despiste do norueguês Andreas Mikkelsen (VW Polo R WRC), no início da segunda “ronde”, deixou o francês Sébastien Ogier (VW Polo R WRC) com o título na mão. Mas a etapa seria marcada pela resistência do espanhol Dani Sordo (Hyundai i20 WRC), que arrancou, para o segundo dia, no comando da prova. Só na penúltima das oito classificativas do dia cedeu ao ataque do francês que, finalmente, chegou ao lugar que todos apontavam como seu, ainda antes do arranque da competição.

O duelo hispano-francês foi intenso, com Dani Sordo a oferecer uma resistência superior aquela que era esperada, o que obrigou Sébastien Ogier a dar tudo por tudo. Isso traduziu em cinco vitórias em oito especiais, para conseguir uma vantagem de 5,8”, diferença de tempo com que vão arrancar para as últimas quatro especiais.

No entanto, para o francês, o abandono do seu colega de equipa acabou por ser o momento determinante, uma vez que o título só poderá fugir se o piloto cometer algum erro na etapa de amanhã, o que não é crível, depois do sucedido o ano passado, em que perdeu a vitória na “Power Stage”.

O belga Thierry Neuville (Hyundai i20 WRC) é o terceiro, posição que deverá manter face à vantagem de que dispõe sobre o neo-zelandes Hayden Paddon (Hyundai i20 WRC), com a marca sul-coreana a conseguir, para já, um excelente desempenho na prova espanhola.

No que diz respeito aos RC2, a prova espanhola tem sido marcado pelo duelo entre o checo Jan Kopecky (Skoda Fabia R5) e o sueco Pontus Tidemand (Skoda Fabia R5), com o checo, que fecha o “top ten”, a partir para a derradeira etapa com 14,3” de avanço sobre o seu perseguidor.

O derradeiro dia de competição integra uma dupla passagem por duas especiais (62,80 km) que, em condições normais, não deverão provocar nenhuma alteração no que aos lugares do pódio diz respeito.

Classificação geral, após a 2.ª etapa

1.º, Sébastien Ogier/Julian Ingrassia (VW Polo R WRC), 2.35’12,8”; 2.º, Dani Sordo/Marc Marti (Hyundai i20 WRC), a 5,8”; 3.º, Thierry Neuville/Nicolas Gilsoul (Hyundai i20 WRC), a 1’03,9”; 4.º, Hayden Paddon/John Kennard (Hyundai i20 WRC), a 1’20,0”; 5.º, Kris Meeke/Paul Nagle (Citroen DS3 WRC), a 1’57,9”; 6.º, Mads Ostberg/Ola Floene (Ford Fiesta RS WRC), a 2’35,7”; 7.º, Ott Tanak/Raigo Molder (Ford Escort RS WRC), 4’24,7”; 8.º, Kevin Abbring/Sebastian Marshall (Hyundai i20 WRC), a 6’22,7”; 9.º, Martin Prokop/Jan Tomanek (Ford Fiesta RS WRC), a 7’13,3”; 10.º, Jan Kopecky/Pavel Dresler (Skoda Fabia R5), a 7’41,6”.

Estão classificadas mais 50 equipas.