Siga-nos

Perfil

Expresso

Desporto

Michael Phelps e Ryan Lochte. Rivais na piscina e companheirões fora de água

  • 333

MARTIN BUREAU/GETTY IMAGES

Falta pouco para ambos mergulharem na piscina olímpica em busca do ouro nos 200m estilos. Há 13 anos que os dois norte-americanos são adversários mas apenas enquanto duram as braçadas

Dão o seu máximo nos palcos desportivos do Rio 2016, mas chegados à aldeia olímpica os atletas também precisam de descomprimir. Michael Phelps e Ryan Lochte são colegas de quarto e ambos nadadores dos EUA. Mesmo estando na corrida pelas mesmas medalhas - acontecerá na final dos 200m estilos - são um exemplo de camaradagem, fazendo questão de aproveitar da maneira mais descontraída o seu tempo de lazer.

Entre os colegas, Phelps e Lochte já se tornaram conhecidos pelos jogos de cartas e pelas sessões de Snapchat. Na verdade, a convivência vem de longe: há 13 anos que nadam lado a lado, partilhando, inclusivamente, os pódios. Nas três últimas edições dos Jogos Olímpicos disputaram os mesmos 200m estilos, com Phelps a não dar hipótese no que ao ouro diz respeito, mas com Lochte a conquistar prata, bronze e de novo prata.

“A nossa história é especial, algo que nunca me aconteceu com outro colega”, reconhece Phelps, que se despede dos Jogos Olímpicos no Rio de Janeiro: “Teremos mais uma hipótese de mergulhar na piscina e ‘brigar’ numa prova”.

E que briga se avizinha. Com 21 medalhas de ouro conquistadas ao longo da sua carreira olímpica, Michael Phelps quererá assegurar o ouro e, em simultâneo, outro recorde, o de único atleta com o primeiro lugar na mesma prova em quatro Jogos consecutivos.

Por seu turno, Lochte manteve durante sete anos o recorde mundial nos 200m estilos e será um dos poucos nadadores a poder ensombrar o ‘torpedo’ norte-americano.

A disputa ficará resolvida na madrugada desta sexta-feira (3h de Lisboa, hora de Portugal). “Terei de conseguir uma performance perfeita para o vencer, sendo ele o atleta que é”, admite Ryan Lochte. “Ele não vai desistir e isso é maravilhoso. É por isso que me faz dar o melhor de mim e eu espero ter nele o mesmo efeito.”

Phelps e Lochte garantem que nenhum resultado colocará em causa a amizade que nutrem. E a avaliar pelo que tem acontecido por estes dias, os nadadores são bem capazes de até já ter planeado um joguinho de cartas, na sexta ao serão, na aldeia olímpica...

  • Michael Phelps 21 vezes de ouro

    O nadador norte-americano somou esta terça-feira mais duas vitórias olímpicas, nos 200m mariposa e na estafeta 4x200m livres. Atleta olímpico mais medalhado de sempre volta à piscina esta quarta-feira