Siga-nos

Perfil

Expresso

Desporto

Telma já só pode ganhar medalha de bronze

  • 333

ORLANDO BARRIA/EPA

Judoca portuguesa foi afastada das medalhas de ouro e prata ao perder o combate com a mongol Sumiya Dorjsuren, líder do ranking mundial. Telma perdeu por uma penalização atribuída pelo árbitro

A medalha olímpica que falta no currículo de Telma Monteiro já pode ser de bronze, depois desta tarde a judoca ter perdido o combate relativo aos quartos de final na categoria -57kg, onde defrontou a mongol Sumiya Dorjsuren, líder do ranking mundial.

Oitava do ranking mundial Telma Monteiro somou uma segunda penalização (shido) no ponto de ouro, por falta de combatividade, depois de cada judoca ter anteriormente sido penalizada pelo árbitro nos quatro minutos regulamentares.

Face a este desaire, a judoca do Benfica, que procura ainda a primeira medalha olímpica depois de cinco em cameponatos do Mundo e 11 em Europeus, segue para as repescagens e ainda pode chegar ao bronze. A próxima adversária será a francesa Automne Pavia, atual campeã europeia, que foi derrotada por ippon no ponto de ouro pela japonesa Kaori Matsumoto, detentora do título olímpico e campeã mundial.

Nas meias-finais, a nipónica vai enfrentar Sumiya Dorjsuren, enquanto a brasileira Rafaela Silva e a romena Corina Caprioriu disputam a outra meia-final. Será a derrotada deste combate que vai à repescagem com Telma Monteiro ou Automne Pavia

Anteriormente, Telma tinha afastado a neo-zelandesa Darcina Manuel por dois yukos.