Siga-nos

Perfil

Expresso

Desporto

O que são as manchas que têm os atletas dos EUA?

  • 333

China Photos/GETTY

Não são sintomas de doença, antes pelo contrário. Resultam de um processo antigo de acupuntura que visa tratar problemas de tensão e dores musculares

Já reparou nas marcas de Michael Phelps? O nadador norte-americano – que conquistou esta segunda-feira a sua 23.ª medalha olímpica –, apresenta manchas vermelhas em círculos nas costas e nos braços, que se assemelham a uma reação alérgica.

Mas essas marcas não são sintomas de doença, antes pelo contrário: resultam de um processo antigo de acupuntura praticado na China que visa tratar problemas de tensão e dores musculares.

São vários os atletas dos EUA que recorrem a esse tratamento, designado de cupping e que consiste na colocação de vários copos quentes sobre a pele. Ao criar vácuo, a sucção estimula o fluxo sanguíneo e provoca essas marcas, melhorando problemas musculares, mas também artrite ou celulite.

O metodo já conquistou estrelas como Gwyneth Paltrow, Victoria Beckham ou Justin Bieber.

A nadadora britânica Natalie Coughin costuma publicar na sua conta do Instagram fotos com desabafos sobre o método: “É melhor rir porque dói muito. Vai deixar marca”, disse a atleta. Também Phelps já confessou que a técnica é um pouco dolorosa.

Instagram

Contudo, o Conselho de Acupunctura Britânico disse à BBC que a técnica não costuma causar dor, mas pode resultar muito ocasionalmente em queimaduras leves.

Com a divulgação do método nestes Jogos Olímpicos, as sociedades de acunpuntura em todo o mundo já antecipam maior procura a curto prazo.