Siga-nos

Perfil

Expresso

Desporto

GP da Hungria: Lewis Hamilton vence e assume o comando

  • 333

TAMAS KOVACS/EPA

O inglês Lewis Hamilton (Mercedes) venceu o GP da Hungria e ascendeu, pela primeira vez esta temporada, ao comando do “Mundial” de pilotos

Apesar de não ter partido bem, o inglês conseguiu superar o alemão Nico Rosberg (Mercedes), que largou da “pole”. A partir do momento em que assumiu o comando, Lewis Hamilton geriu a situação e, mesmo quando Nico Rosberg estava em posição de acionar o DRS, soube defender-se e assegurar o triunfo. O segundo lugar do alemão deu à Mercedes a quarta “dobradinha” do ano. Com esta vitória, Lewis Hamilton passa a dispor de seis pontos de avanço sobre o piloto alemão.

O australiano Daniel Ricciardo (Red Bull/TAG Heuer) completou o pódio, à frente do alemão Sebastian Vettel (Ferrari). Os dois tiveram uma corrida tranquila, mantendo as posições sem terem de enfrentar grandes oposições.

Bem diferente foi o duelo entre o holandês Max Verstappen (Red Bull/TAG Heuer) e o finlandês Kimi Raikkonen (Ferrari) que, na luta pelo quinto lugar, chegaram a “tocar-se”. O Ferrari ficou, aliás, com a asa dianteira danificada. Isso não impediu, contudo, Kimi Raikkonen, de lutar até ao fim pelo quinto lugar. Num traçado onde as ultrapassagens não são fáceis, fez uma notável recuperação, já que partira da 14.ª posição.

Classificação – 1.º, Lewis Hamilton (Mercedes MGP W07/Mercedes), 70 voltas (306,630 km), em 1.40’30,115” (183,059 km/h); 2.º, Nico Rosberg (Mercedes MGP W07/Mercedes), a 1,977”; 3.º, Daniel Ricciardo (Red Bull RB12/TAG-Heuer), a 27,539”; 4.º, Sebastian Vettel (Ferrari SF16-H/Ferrari), a 28,213”; 5.º, Max Verstappen (Red Bull RB12/TAG-Heuer), a 48,659”; 6.º, Kimi Raikkonen (Ferrari SF16-H/Ferrari), a 49,044”; 7.º, Fernando Alonso (McLaren MP4-31/Honda), a 1volta; 8.º, Carlos Sainz (Toro Rosso STR11/Ferrari), a 1volta; 9.º, Valtteri Bottas (Williams FW38/Mercedes), a 1 volta; 10.º, Nico Hulkenberg (Force India VJM09/Mercedes), a 1volta; 11.º, Sergio Perez (Force India VJM09/Mercedes), a 1volta; 12.º, Jolyon Palmer (Renault RS16/Renault), a 1 volta; 13.º, Esteban Gutierrez (Haas VF-16/Ferrari), a 1volta; 14.º, Romain Grosjean (Haas VF16-Ferrari), a 1 volta; 15.º, Kevin Magnussen (Renault RS16/Renault), a 1volta; 16.º, Daniil Kvyat (Toro Rosso STR11/Ferrari), a 1volta; 17.º, Felipe Nasr (Sauber C35/Ferrari), a 1 volta; 18.º, Felipe Massa (Williams FW38/Mercedes), a 2 voltas; 19.º, Pascal Wehrlein (Manor MRT05/Mercedes), a 2 voltas; 20.º, Marcus Ericsson (Saber C35/Ferrari); a 2 voltas; 21.º, Rio Haryanto (Manor MRT05/Mercedes), a 2 voltas.

Classificações dos Mundiais, depois do GP da Hungria:

PILOTOS – 1.º, Lewis Hamilton, 192 pontos; 2.º, Nico Rosberg, 186; 3.º, Daniel Ricciardo, 115; 4.º, Kimi Raikkonen, 114; 5.º, Sebastian Vettel, 110; 6.º, Max Verstappen, 100; 7.º, Valtteri Bottas, 56; 8.º, Sergio Perez, 47; 9.º, Felipe Massa, 38; 10.º, Carlos Sainz, 30; 11.º, Romain Grosjean, 28; 12.º, Nico Hulkenberg, 27; 13.º, Fernando Alonso, 24; 14.º, Daniil Kvyat, 23; 15.º, Jenson Button, 13, 16.º, Kevin Magnussen, 6; 17.º, Stoffel Vandoorne, Pascal Wehrlein, 1

CONSTRUTORES – 1.º, Mercedes AMG Petronas F1 Team, 378 pontos; 2.º, Scuderia Ferrari, 224; 3.º, Infiniti Red Bull Racing, 223; 4.º, Williams Martini Racing, 94; 5.º, Sahara Force India F1 Team, 74; 6.º, Scuderia Toro Rosso, 45; 7.º, McLaren Honda, 38; 8.º, Haas F1 Team, 28; 9.º, Renault Sport F1 Team, 6; 10.º, Manor Racing MRT, 1.

Próxima prova – GP da Alemanha, no Circuito de Nurburgring, dia 31 de Julho

  • GP da Hungria: Nico Rosberg impõe-se

    Na semana em que renovou, por mais dois anos, com a Mercedes, o alemão Nico Rosberg assegurou a “pole position” para o GP da Hungria, uma das mais importantes do ano