Siga-nos

Perfil

Expresso

Desporto

A Rússia não está suspensa dos Jogos Olímpicos

  • 333

KAY NIETFELD

O Comité Olímpico Internacional decidiu não suspender a Rússia de todas as modalidades nos Jogos Olímpicos do Rio, que se iniciam a 5 de agosto. Contudo, os seus atletas terão vigilância apertada.

O Comité Olímpico Internacional decidiu salvaguardar as modalidades russas participantes nos próximos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, para lá do atletismo, que ficou proibido de competir, na sequência de um escândalo de 'doping'. Contudo, as entidades russas terão de seguir um criterioso programa de seleção dos seus atleltas, e exames detalhados, que ficarão debaixo da responsabilidade das respetivas federações.

Esta semana, o Comité Olímpico Russo anunciou a lista dos 387 atletas selecionados para os Jogos Olímpicos, que incluía os 68 cujo recurso foi rejeitado pelo Tribunal Arbitral do Desporto. Uma delas era Yulia Stepanova, a atleta russa que denunciou o esquema de doping no país após ter sido afastada por dois anos devido a um controlo positivo. “Embora seja verdade que o testemunho e declarações públicas de Stepanova se tenham revelado um contributo para a proteção e promoção de atletas limpos, as Regras da Carta Olímpica relacionadas com a organização dos Jogos Olímpicos vão ao desencontro do reconhecimento da condição de atleta neutro”, diz a nota oficial.

Recorde-se que a Rússia, a segunda potência mundial de atletismo atrás dos EUA, foi suspensa em novembro do ano passado após um relatório independente da AMA (Agência Mundial Antidopagem) ter denunciado um esquema de 'doping' institucionalizado naquele país. Segundo este, o governo russo dirigiu um programa de dopagem no desporto com apoio estatal, com a participação do ministro do desporto, Vitaly Mutko, e dos serviços secretos.