Siga-nos

Perfil

Expresso

Desporto

Somos outra vez campeões da Europa. Agora no hóquei em patins

  • 333

JOSE COELHO / LUSA

Vitória por 6-2 na final do europeu de hóquei em patins dá a Portugal um título que fugia há 18 anos. No jogo disputado em Oliveira de Azeméis Portugal chegou a estar a perder 2-0 ao intervalo

Portugal voltou este sábado a conquistar um título europeu, ao bater a Itália em hóquei em patins por 6-2, na final do campeonato europeu disputada em Oliveira de Azeméis. Desde 1998 que a seleção portuguesa não conquistava a competição.

O título foi conseguido após uma partida difícil. Nos primeiros quatro minutos de jogo Portugal sofreu dois golos, desvantagem que levou para o intervalo. Mas a segunda parte seria radicalmente diferente.

Logo aos dois minutos do segundo tempo Portugal reduziu para 2-1 com um golo de Diogo Rafael, que repetiria o feito aos 12 minutos. Dois minutos depois o veterano Reinaldo Ventura deu a volta ao marcador, fazendo o 3-2 de penalti.

Nos minutos finais da partida a seleção nacional marcaria mais três vezes, por intermédio de Rafa, João Rodrigues e Hélder Nunes, fixando o resultado final em 6-2.

No final do jogo o selecionador Luís Sénica mostrou-se radiante e agradeceu aos jogadores. “Eles são fantásticos”, elogiou, reconhecendo estar a viver uma “alegria tremenda”.

A última vez que Portugal se tinha sagrado campeão europeu de hóquei em patins foi em 1998, numa final disputada em Paços de Ferreira contra a Espanha. Com a conquista deste sábado, é o 21º título de campeão europeu que Portugal consegue na modalidade.

Após 1998 Espanha conseguiu sete troféus consecutivos, uma saga vencedora que apenas parou na edição de 2014 do europeu de hóquei em patins, disputado em Espanha mas ganho pela Itália.