Siga-nos

Perfil

Expresso

Desporto

Lewis Hamilton vence Grande Prémio da Áustria

  • 333

CHRISTIAN BRUNA / EPA

Um “toque” na derradeira volta entre os dois pilotos da Mercedes permitiu ao inglês Lewis Hamilton vencer na Áustria e reduzir para 11 pontos a desvantagem em relação ao seu colega de equipa, o alemão Nico Rosberg

Ao partir da “pole”, o inglês assumiu o comando, mas o facto de ter arrancado com pneus ultra-macios, levou-o às “boxes” na 20.ª volta, numa altura em que o alemão já tinha trocado de pneus,. Isto permitiu-lhe ficar à frente do seu colega de equipa, enquanto o alemão Sebastian Vettel (Ferrari), que arrancara com pneus super-macios, tinha ascendido ao comando quando os pilotos da Mercedes pararam para trocar de pneus.

Só que o piloto da Ferrari viu o pneu traseiro do lado direito explodir em plena reta da meta, o que levou a desistir à entrada do “safety car”. Os Mercedes assumiram assim o comando da prova, com a particularidade de ambos terem de voltar a parar para trocar de pneus.

E se Lewis Hamilton montou pneus macios, Nico Rosberg optou por pneus super-macios, com a sua paragem a permitir ao holandês Max Verstappen (Red Bull/TAG Heuer), que tinha optado por uma estratégia de uma paragem, assumir o comando.

Com pneus novos, os pilotos da Mercedes depressa conseguiram deixar o holandês para trás, com Nico Rosberg a rodar à frente de Lewis Hamilton. Até que, na derradeira volta e depois de várias tentativas que não resultaram, Lewis Hamilton conseguiu ultrapassar, depois dos dois carros se terem tocado. O inglês conseguiu assim continuar e vencer, enquanto o alemão ficava com a asa dianteira danificada e acabava por cair para quarto, atrás de Max Verstappen e do finlandês Kimi Raikkonen (Ferrari).

De assinalar que a Manor marcou o primeiro ponto, graças ao décimo lugar do alemão Pascal Wehrlein, que também pontuou pela primeira vez, como consequência da saída de pista do mexicano Sérgio Perez (Force Índia/Mercedes), na penúltima volta, por ter ficado sem travões.

Classificação

1.º, Lewis Hamilton (Mercedes MGP W07/Mercedes), 71 voltas (307,020 km), em 1.27’38,107” (210,203 km/h); 2.º, Max Verstappen (Red Bull RB12/TAG-Heuer), a 5,719”; 3.º, Kimi Raikkonen (Ferrari SF16-H/Ferrari), a 6,204”; 4.º, Nico Rosberg (Mercedes MGP W07/Mercedes), a 26,710”; 5.º, Daniel Ricciardo (Red Bull RB12/TAG-Heuer), a 30,981”; 6.º, Jenson Button (McLaren MP4-31/Honda), a 37,706”; 7.º, Romain Grosjean (Haas VF16/Ferrari), a 44,668”; 8.º, Carlos Sainz (Toro Rosso STR11/Ferrari), a 47,400”; 9.º, Valtteri

Bottas (Williams FW38/Mercedes), a 1 volta; 10.º, Pascal Wehrlein (Manor MRT05/Mercedes), a 1 volta; 11.º, Esteban Gutierrez (Haas VF-16/Ferrari), a 1 volta; 12.º, Jolyon Palmer (Renault RS16/Renault), a 1 volta; 13.º, Felipe Nasr (Sauber C35/Ferrari), a 1 volta; 14.º, Kevin Magnussen (Renault RS16/Renault), a 1 volta; 15.º, Marcus Ericsson (Sauber C35/Ferrari), a 1 volta; 16.º Rio Haryanto (Manor MRT05/Mercedes), a 1 volta; 17.º, Sergio Perez (Force India VJM09/Mercedes), a 2 voltas; 18.º, Fernando Alonso (McLaren MP4-31/Honda), a 7 voltas; 19.º, Nico Hulkenberg (Force India VJM09/Mercedes), a 7 voltas; 20.º, Felipe Massa (Williams FW38/Mercedes), a 8 voltas.

Classificações dos Mundiais, depois do GP da Áustria:

PILOTOS – 1.º, Nico Rosberg, 153 pontos; 2.º, Lewis Hamilton, 142; 3.º, Sebastian Vettel, Kimi Raikkonen, 96; 5.º, Daniel Ricciardo, 88; 6.º, Max Verstappen, 72; 7.º, Valtteri Bottas, 54; 8.º, Sergio Perez, 39; 9.º, Felipe Massa, 38; 10.º, Romain Grosjean, 28; 11.º, Daniil Kvyat, Carlos Sainz, 22; 13.º, Nico Hulkenberg, 20; 14.º, Fernando Alonso, 18; 15.º, Jenson Button, 13, 16.º, Kevin Magnussen, 6; 17.º, Stoffel Vandoorne, Pascal Wehrlein, 1

CONSTRUTORES – 1.º, Mercedes AMG Petronas F1 Team, 295 pontos; 2.º, Scuderia Ferrari, 192; 3.º, Infiniti Red Bull Racing, 1168; 4.º, Williams Martini Racing, 92; 5.º, Sahara Force India F1 Team, 59; 6.º, Scuderia Toro Rosso, 36; 7.º, McLaren Honda, 32; 8.º, Haas F1 Team, 28; 9.º, Renault Sport F1 Team, 6; 10.º, Manor Racing MRT, 1.

Próxima prova

GP de Inglaterra, no Circuito de Silvestone, dia 10 de Julho.