Siga-nos

Perfil

Expresso

Desporto

Rali Açores: Ricardo Moura vence ao sprint

  • 333

É a primeira vez que Moura vence nos Açores, a sua terra natal

Uma vez mais a dupla passagem pelos Graminhais e Tronqueiras “virou” a prova açoriana e permitiu a Ricardo Moura (Ford Fiesta R5) vencer, pela primeira vez, na sua terra natal.

À partida para o derradeiro dia da competição, o russo Alexey Lukyanuk (Ford Fiesta R5) dispunha de uma vantagem de 9,8” sobre o polaco Kajetan Kajetanowicz (Ford Fiesta R5) e 40,8” sobre o futuro vencedor, estando todos à espera que o duelo pela vitória fosse travado entre o russo e o polaco.

E quando na primeira passagem pelos Graminhais (20,96 km), o polaco viu o semieixo dianteiro esquerdo ceder, com a agravante de ter de fazer mais duas especiais nessas circunstâncias, pensou-se que o russo não teria dificuldades em assegurar o triunfo, tanto mais que chegou ao reagrupamento com 25,3” de vantagem sobre Ricardo Moura, diferença de tempo que parecia poder permitir-lhe gerir a situação na fase final da prova.

E o russo não deixou de lamentar a infelicidade do polaco, ao considerar que “foi uma pena o que sucedeu ao “Kato”, porque a luta estava ser emocionante e muito motivadora”, para no final, e apesar do furo lento, reconhecer que “o Ricardo fez um último troço fantástico”.

Só que na segunda passagem por Vila Franca – São Brás (13,47 km), o turbo do carro do russo cedeu, o que lhe custou mais de um minuto de atraso e o ser relegado para segundo lugar a 42,7” do açoriano.

Mas Alexey Lukyanuk não baixou os braços, nos Graminhais ganhou 21,2” a Ricardo Moura e entrou para a derradeira especial (Tronqueira – 21,71 km) a 21,5” do primeiro lugar, o que face, ao que sucedera no troço anterior, onde ganhara um segundo por quilómetro ao português, deixava tudo em aberto para os últimos quilómetros.

Era a hora do tudo ou nada para os dois pilotos, e se Ricardo Moura tirou 29” ao tempo da primeira passagem Alexey Lukyanuk ficou sem hipótese de responder em consequência de um furo lento, que o levou a perder 5,6” para o vencedor.

No final foi a explosão de alegria primeiro nas Portas do Mar, depois da Praça Gonçalo Velho, onde o rali terminou, com Ricardo Moura a não esconder que «esta é uma vitória muito importante e muito sofrida, mas de enorme sabor»
Indiferente ao que se passava à sua frente Kajetan Kajetanowicz completou o pódio, a mais de três minutos dos dois homens da frente.

Em termos de Campeonato Nacional, Pedro Meireles (Skoda Fabia R5) levou a melhor sobre José Pedro Fontes (Citroen DS3 R5), que penalizou 11 minutos (1’50” em termos de classificação), logo no início do dia, por ter de mudar a embraiagem e reduziu para 11,5 pontos a desvantagem em relação ao campeão nacional.

Boa prova de Miguel Barbosa (Skoda Fabia R5), na estreia nos Açores e destaque muito especial para Luís Miguel Rego (Ford Fiesta R5) que, na estreia ao volante do Ford, foi sétimo da geral, segundo dos açorianos e terceiro dos portuguese, entre Pedro Meireles e José Pedro Fontes.

Classificação final:

1.º- Ricardo Moura/António Costa (Ford Fiesta R5), 2.42’23,5”;
2.º- Alexey Lukyanuk/Alexey Arnautov (Ford Fiesta R5), a 26,8”;
3.º- Kajetan Kajetanowicz/Jaroslaw Baran (Ford Fiesta R5), a 3’23,0”;
4.º- David Botka/Peter Szeles (Citroen DS3 R5), a 5’28,5”;
5.º- Jaroslav Orsak/David Smeidler (Ford Fiesta R5),a 5’34,1”;
6.º- Pedro Meireles/Mário Castro (Skoda Fabia R5), a 5’44,1”;
7.º- Luís Miguel Rego/Carlos Magalhães (Ford Fiesta R5), a 5’46,2”;
8.º- José Pedro Fontes/Inês Ponte (Citroen DS3 R5), a 6’17,9””;
9.º- Ricardo Teodósio/José Teixeira (Ford Fiesta R5), a 7’01,2”;
10.º- Antonin Tlustak/Ladislav Kucera (Skoda Fabia R5),a 7’30,7”.

Classificação, oficiosa, do Campeonato, depois da prova açoriana:
1.º - José Pedro Fontes, 66 pontos;
2.º - Pedro Meireles, 54,5;
3.º - Miguel Campos, 36;
4.º - Miguel Barbosa, 34,25;
5.º - Ricardo Moura, 29,5;
6.º - João Barros, 27,25;
7.º - Carlos Vieira, 22;
8.º - Diogo Salvi, 18;
9.º - Ricardo Teodósio, Manuel Castro, 15

Próxima prova: Rali Vidreiro/Centro de Portugal, organizado pelo Clube Automóvel da Marinha Grande, dias 24 e 25 de Junho