Siga-nos

Perfil

Expresso

Desporto

Tribunal diz que Gil Vicente deve voltar à I Liga

  • 333

JOSE COELHO / LUSA

A decisão do Tribunal Administrativo de Lisboa é passível de recurso, logo é pouco provável que o Gil Vicente marque presença na I Liga já na próxima época

Passados 10 anos, o Gil Vicente pode estar prestes a voltar à I Liga. O Tribunal Administrativo de Lisboa anunciou na segunda-feira que considera que a descida à II Liga do clube foi injusta e que deve ser reposta a legalidade.

O Gil Vicente poderá ainda reclamar uma indemnização que poderá chegar aos 20 milhões de euros. O caso “Mateus”, nome pelo qual ficou conhecido o processo, data de 2006: nesse ano o clube desceu de divisão e foi proibido de participar na Taça de Portugal, por sanção direta da Federação Portuguesa de Futebol.

Em causa esteve o alegado uso irregular do jogador Mateus, vindo do Lixa, – atualmente joga no Arouca –, que tinha estatuto de jogador amador.

Devido ao jogador ter optado cerca de um ano antes pelo estatuto de amador, o clube não o podia ter inscrito ou usado em competições oficiais.

Este não foi um caso de fácil resolução, sendo que chegou mesmo à FIFA: a instituição internacional exigiu que a FPF resolvesse o caso fora de tribunais civis. Tal não aconteceu.

Porém, este processo pode ainda não estar terminado. A decisão do tribunal administrativo é passível de recurso, logo é pouco provável que o Gil Vicente marque presença na I Liga já na próxima época.