Siga-nos

Perfil

Expresso

Desporto

Fernando Santos: “Não há nenhum jogador que procuramos destacar”

  • 333

mário Cruz/ Lusa

Com os 23 jogadores escolhidos, o selecionador nacional recusou dar justificações individuais: “Todos os que aqui estão foram escolhidos após muita ponderação”. Acredita que Portugal vai chegar à final do europeu e ganhá-la com o apoio de onze milhões de portugueses

Fernando Santos recusou dar justificações individuais para cada as suas escolhas, pois, disse, não procurar “destacar ninguém”. Na conferência de imprensa dada esta terça-feira, o selecionador anunciou os 23 convocados, tendo despertado especial curiosidade aos jornalistas a chamada à equipa de Renato Sanches.

“Todos os jogadores que aqui estão foram escolhidos após muita ponderação. Não há nenhum jogador que procuramos destacar. Compreendo perfeitamente a questão, mas teríamos que começar no Rui Patrício e terminar no Éder. Estes são os eleitos", argumentou Fernando Santos. E mais não disse.

A data de começo dos treinos está marcada para 23 de maio, mas nessa altura Fernando Santos só terá disponíveis 13 jogadores. Os restantes chegarão depois de terminarem as competições ao serviço dos clubes e após “quatro ou cinco dias de descanso”. “É muito importante repousarem para poderem iniciar o trabalho quando chegarem à seleção”.

Além da construção da equipa, nas últimas semanas, os trabalho da equipa técnica têm-se centrado na análise de todos os adversários, “sem exceção”, garante Fernando Santos.

“Estruturámos o trabalho para poder retirar de todos a melhor capacidade. Pensamos que está tudo equilibrado para, quando chegarmos a França, tudo estar afinado. Os últimos jogos da seleção nacional mostraram claramente que não temos plano A ou B mas sim uma estratégia definida. Isso passa por não ter jogadores fixos e ter avançados mais móveis. O jogo ditará como tudo se irá processar. Será uma equipa que começará o jogo com 4-4-2”, disse aos jornalistas.

A ambição de ganhar

“Há uma experiência clara da experiência com a irreverência da juventude. Isso mostra que Portugal tem a ambição de ganhar”, considerou o selecionador. Entre os 23 convocados, há dez jogadores que nunca compareceram em fases finais de europeus ou mundiais.

Em perspetiva do que poderá acontecer em França, Fernando Santos mostra-se confiante, com a certeza de que haverá “onze milhões de portugueses a apoiar”. “Acredito e todos nós vamos acreditar que vamos chegar à final do europeu e vamos ganhar. Não é fé, é acreditar. Temos a ambição de lutar por esse objetivo”.