Siga-nos

Perfil

Expresso

Desporto

Morreu Paulo Paraty

  • 333

Paulo Paraty em outubro de 2006

Antonio Cotrim/ Lusa

Ex-árbitro internacional de futebol faleceu esta quarta-feira, vítima de doença cancerígena. Tinha 53 anos

Isabel Paulo

Isabel Paulo

Jornalista

O ex-árbitro internacional de futebol Paulo Paraty morreu esta quarta-feira, vitimado por um cancro diagnosticado em 2014. Era engenheiro eletrónico de profissão, seguiu desde cedo as pisadas do pai, Armando Paraty, antigo árbitro que exerceu ainda funções no dirigismo do setor a nível nacional. Paulo debutou na 1º categoria em Agosto de 2003, apitou mais de 200 jogos da I Liga e foi ainda árbitro internacional, insígnia que ainda exibia quando optou por deixar a arbitragem.

O Corpo estará em câmara ardente na Igreja Nossa Senhora de Fátima (ao Foco), no Porto, e o funeral realiza-se na quinta-feira às 15h30. Será depois levado ara o Cemitério de Agramonte.

Em luta contra um cancro na perna há dois anos, Paulo Paraty foi surpreendido, em agosto, no arranque do campeonato com uma manifestação de solidariedade, tendo Carlos Xistra e a sua equipa entrado em campo no encontro Tondela-Sporting com t-shirts de apoio ao ex-colega. A ação “Força Paraty” foi promovida pelos amigos Pedro Proença, presidente da Liga Portugal, e por José Fontelas Gomes, líder da Associação Portuguesa de Árbitros de Futebol (APAF), e agora candidato único à presidência Conselho de Arbitragem da Federação Portuguesa de Futebol (FPF).

“Era um desportista nato e um lutador”, referiram então os ex-colegas de ofício. Pouco depois de ter sido confrontado com a doença, fez a sua última peregrinação de bicicleta a Santiago de Compostela.