Siga-nos

Perfil

Expresso

Desporto

Ranieri. “Só queriamos ganhar jogo após jogo”

  • 333

Laurence Griffiths/Getty

O técnico italiano confessa que quando chegou ao clube “não esperava” que o Leicester City se sagrasse campeão

O treinador italiano Claudio Ranieri, que conquistou a liga inglesa de futebol com o Leicester, conseguindo o primeiro título de campeão da sua carreira, disse que não imaginava tal coisa no início da temporada.

"Não esperava isto quando cheguei", afirmou o técnico, de 64 anos, citado no sítio oficial do clube na internet. "Sou um homem pragmático, queria apenas ganhar jogo após jogo e ajudar os meus jogadores a progredir semana após semana. Nunca pensei muito até onde isso nos levaria", afirmou.

Depois do empate de domingo na visita ao Manchester United (1-1), o Leicester beneficiou na segunda-feira do empate do Tottenham no terreno do Chelsea (2-2) para celebrar o primeiro título de campeão inglês em 132 anos de história, mas Ranieri não assistiu, porque regressava de Itália de avião, aonde se deslocou para estar coma sua mãe.

"Estou muito orgulhoso. Estou contente pelos meus jogadores, pelo presidente, pelo 'staff', por todos os adeptos e pelo ambiente da cidade. É uma sensação incrível", acrescentou Ranieri, que levou o Leicester a tornar-se o 24.º clube a inscrever o seu nome no historial de vencedores.

A duas jornadas do fim, os 'foxes' somam 77 pontos, contra 70 do Tottenham, que deixou de ter hipóteses matemáticas de chegar ao título e que tem agora o Arsenal, terceiro classificado, a apenas três pontos. O Manchester City é quarto, com 64.

"Os jogadores foram fantásticos. A sua concentração, a sua determinação, o seu estado de espírito tornaram isto possível. Eles baterem-se uns pelos outros em todos os jogos e eu adoro ver isso entre os meus jogadores. Eles merecem ser campeões", concluiu.

A próxima ronda, a 37.ª e penúltima, realiza-se no próximo fim de semana, com grande festa marcada para o Estádio King Power, onde, no sábado, o Leicester recebe o Everton.

  • Vardy: “Somos campeões com todo o mérito”

    O avançado do Leicester diz que o título conquistado é “inacreditável”. E o capitão da equipa, Wes Morgan, não esconde a felicidade: “Sábado nunca mais chega, estou ansioso por ter o troféu nas mãos”

  • O romantismo ainda existe no futebol

    Chamem-lhe milagre, conto de fadas, choque, chamem-lhe o que quiserem, mas o Leicester é campeão. O Tottenham, o único que ainda podia travar este acontecimento que nos fez a quase todos (menos aos rivais diretos) adeptos do Leicester, empatou 2-2 em Stamford Bridge, casa do Chelsea, e as contas ficaram fechadas. E como é que se faz de um clube pequeno e modesto o primeiro entre os ricos? Jaime Pacheco, obreiro de uma proeza semelhante, explica como - ele que deu ao Boavista um campeonato que é quase sempre de Benfica, FCP e Sporting. Foi uma conversa tida e publicada há alguns dias, mas absolutamente atual - e por isso temos de republicá-la