Siga-nos

Perfil

Expresso

Desporto

WRC – Rali da Argentina: Jari-Matti Latvala impõe-se

  • 333

DIEGO LIMA/GETTY

O finlandês Jari-Matti Latvala (VW Polo R WRC) aproveitou o facto de ser o sexto na estrada para assumir o comando do Rali da Argentina, na terceira das oito especiais do dia e mantê-lo até ao final da etapa

Após o empate com o espanhol Dani Sordo (Hyundai i20 WRC) na Super Especial de abertura, o francês Sébastien Ogier (VW Polo R WRC) assumiu o comando mas, uma vez mais, penalizado por abrir a estrada acabou por perder o comando e terminar o dia a 7,9” do seu colega de equipa, depois de ter de se impor ao neo-zelandês Hayden Paddon (Hyundai i20 WRC) que, ao partir à frente do finlandês, apanhou a estrada mais limpa, chegou a ser o mais rápido na sexta classificativa e a ocupar o segundo lugar, mas terminou a etapa em terceiro a 11,4” do primeiro lugar.

O norueguês Andreas Mikkelsen (VW Polo R WRC) e Dani Sordo completam o lote dos cinco primeiros e estão, também, a menos de um segundo do comandante, o que deixa antever mais dois dias de intensa luta pelo triunfo na quarta prova da temporada.

Outro norueguês, Mads Ostberg (Ford Fiesta RS WRC), em sexto, é o melhor dos homens da Ford, mas está já a mais de dois minutos do primeiro, pelo que a subida geral só poderá ser consequência de problemas que afectem aqueles que o antecedem.

Entre os WRC2, o comando pertence ao qatari Adbulaziz Al Kuwari (Skoda Fabia R5), que aproveitou os problemas que afectaram aqueles que tinham sido mais rápidos, na Super Especial de Abertura.

O inglês Elfyn Evans (Ford Fiesta R5), que fora o segundo mais rápido e fechava o “top ten”, ficou logo na primeira especial do dia, com vítima de problemas eléctricos, enquanto o peruano Nicolas Fuchs (Skoda Fabia R5), que comandava o agrupamento deste o início, ficava sem direcção assistida na quarta classificativa, perdia quase quatro minutos e caia para quarto, para, depois de passar pelo parque de assistência e de ter resolvido o problema, recuperar um lugar, ao terminar o dia atrás do piloto do Qatar e do peruano Didier Arias.

Hoje, os concorrentes cumprem uma dupla passagem por três especiais, uma delas com 38,28 km, a mais extensa da prova, que totalizam 157,28 km.

Classificação geral, no final da 1.ªetapa:

1.º, Jari-Matti Latvala/Mikka Antilla (VW Polo R WRC), 16’31,3”; 2.º, Sébastien Ogier/Julien Ingrassia (VW Polo R WRC), a 7,9”; 3.º, Hayden Paddon/John Kenard (Hyundai i20 WRC), a 11,4”; 4.º, Andreas Mikkelsen/Anders Jaeger (VW Polo R WRC), a 25,7”; 5.º, Dani Sordo/Marc Marti (Hyundai i20 WRC), 49,0”; 6.º, Mads Ostberg/Ola Floene (Ford Fiesta RS WRC), a 2’07,9””; 7.º, Henning Solberg/Ilka Minor (Ford Fiesta RS WRC), a 4’04,4”; 8.º, Eric Camilli/Benjamin Veillas (Ford Fiesta RS WRC), a 5’33,8”; 9.º, Marcos Ligato/Ruben Garcia (Citroen DS3 WRC), a 6’05,1”; 10.º, Thierry Neuville/Nicolas Gilsoul (Hyundai i20 WRC), a 7’34,4”. Estão classificadas mais 16 equipas.