Siga-nos

Perfil

Expresso

Desporto

Porteiro de condomínio de Pinto da Costa 'desmobilizou' PSP

  • 333

ESTELA SILVA / LUSA

PSP de Aldoar foi alertada na madrugada desta quinta-feira para um possível cenário de lançamento de petardos à residência de Pinto da Costa, mas acabou por deixar o local após porteiro do condomínio fechado, junto à Foz, ter negado os incidentes

Isabel Paulo

Isabel Paulo

Jornalista

A PSP de Aldoar confirma ter sido chamada esta madrugada, perto das 4 horas, a um condomínio fechado na Avenida da Boavista, mas no local dos alegados incidentes o responsável pela portaria negou qualquer tipo de vandalismo no local. “Como ninguém apareceu e o porteiro disse que nada se verificou no referido condomínio, os agentes aguardaram um bocado e depois abandonaram o local”, adiantou ao Expresso o agente Lopes, da PSP de Aldoar.

Além do alegado lançamento de petardos e tochas para o interior do condomínio da casa onde reside Pinto da Costa, o Jornal de Notícias avança que também a Loja Azul, da Rua Sá da Bandeira, foi também vandalizada durante a noite passada, enquanto na Rua Santa Catarina, na Baixa do Porto, surgiu um graffiti, alegadamente da autoria da claque portista Coletivo 95, com o aviso “O Porto é nosso”.

A inaudita contestação dos adeptos a Pinto da Costa após 34 anos na presidência do FC Porto tem vindo a subir de tom desde a derrota, com o Tondela, na passada segunda-feira. Jaime Magalhães, antigo capitão portista, já veio condenar as manifestações anti-Pinto da Costa, advertindo que não é com atos de vandalismo “que se vai voltar ao bom caminho”.

Jaime Magalhães em declarações à Rádio Renascença alerta ainda que as pessoas, devido a um mau momento, não se podem esquecer das grandes vitórias do FC Porto. O difícil momento da equipa de José Peseiro e da suspeição em torno da gestão da SAD serão os pontos centrais da entrevista que o líder do FC Porto irá dar esta noite, pelas 22 horas ao Porto Canal, a estação televisiva detida pelo clube.

  • Adeptos apertam cerco a Pinto da Costa

    Um grupo de adeptos supostamente afetos ao FC Porto lançou na madrugada desta quinta-feira tochas e petardos para o interior do condomínio onde reside Pinto da Costa. Tarjas com duras mensagens foram ainda colocadas junto à casa do até agora intocável presidente dos dragões

  • Pinto da Costa assobiado como nunca no Dragão

    Em 34 anos de mandato, nunca Pinto da Costa foi tão assobiado no Dragão como estga segunda-feira, após derrota em casa frente ao Tondela. Mais do que a equipa, os lenços brancos tiveram por alvo principal o presidente, até agora quase intocável para os adeptos portistas

  • Corrida ao Dragão para um homem só

    Eleições Aos 78 anos, Pinto da Costa volta a ser candidato à presidência do FC Porto. O coro de críticas subiu de tom com o jejum de títulos, mas não tem força para protagonizar uma alternativa