Siga-nos

Perfil

Expresso

Desporto

GP do Bahrain: Novo duelo Mercedes – Ferrari

  • 333

O alemão Nico Rosberg (Mercedes) defende, no traçado do Bahrain, o comando do “Mundial” conquistado em Melbourne (Austrália)

Por aquilo que se viu no Albert Park tudo aponta para que se assista a novo duelo Mercedes – Ferrari, restando saber se a marca italiana consegue gerir a corrida doutra maneira, para não “oferecer” a vitória à marca da estrela.

Ficou provado que os Mercedes poupam os pneus médios de modo significativo e foi isso que lhes permitiu assegurar a vitória na Austrália, onde a interrupção da corrida foi o momento decisivo pelo alemão e pelo inglês Lewis Hamilton terem montado pneus médios, enquanto o alemão Sebastien Vettel e o finlandês Kimi Raikkonen optaram por pneus macios, o que os obrigava a nova paragem.

E como os pneus macios não permitiram a Sebastien Vettel ganhar uma vantagem confortável, os dois pilotos da Mercedes asseguraram a “dobradinha”, à frente do homem da Ferrari, que quer “vingar-se” no traçado do Bahrain.

Ficou a dúvida de se saber se a opção da Ferrari pelos pneus macios foi consequência da não confiança na durabilidade dos pneus médios ou se os seus responsáveis estavam convencidos que estes não durariam até ao final da corrida.

Contudo, é bom não esquecer que, nos testes em Barcelona, a Mercedes tinha tido o cuidado de fazer elevado número de voltas com os mesmos pneus, na circunstância médios, para se aperceber até que ponto ia a eficácia da sua duração.

À espreita para surpreenderem os favoritos estão a Red Bull e a Williams, havendo, ainda, a curiosidade de ver se a Haas confirma o bom resultado da estreia, sexto, se a Renault, que ficou à beira dos pontos, consegue pontuar, se se confirma a evolução mostrado pela McLaren, que chegou a rodar de forma consistente nos lugares pontuáveis, e como é que o espanhol Carlos Sainz e o holandês Max Verstappen, os pilotos da Toro Rosso, vão resolver a “guerra” interna gerada pelo duelo travado em Melbourne, onde o holandês, que estava à frente do espanhol, foi prejudicado pela equipa na troca de pneus e não consegui voltar a colocar-se à frente do seu companheiro de equipa.

Classificações dos “Mundiais”, antes da prova do Bahrain

Pilotos
1.º, Nico Rosberg, 25 pontos;
2.º, Lewis Hamilton, 18;
3.º, Sebastien Vettel, 15;
4.º, Daniel Ricciardo, 12;
5.º, Felipe Massa, 10;
6.º, Romain Grosjean, 8;
7.º, Nico Hulkenberg, 6;
8.º, Valtteri Bottas, 4;
9.º, Carlos Sainz, 2;
10.º, Max Verstappen, 1

Construtores
1.º, Mercedes AMG Petronas, 43 pontos;
2.º, Scuderia Ferrari, 15;
3.º, Williams Martini Racing, 14;
4.º, Infiniti Red Bull Racing, 12;
5.º, Haas F1 Team, 8;
6.º, Sahara Force India F1 Team, 6;
7.º, Scuderia Toro Rosso, 3.