Siga-nos

Perfil

Expresso

Desporto

Slimani já pediu perdão a Jesus

  • 333

António Cotrim/Lusa

O goleador argelino exaltou-se após ter sido substituido ao minuto 61 no jogo com o Arouca de sábado. Treinador não gostou da reação e deixou aviso público para futuro

Jesus perdoa. Pelo menos quando se fala da figura judaico-cristã, Jesus perdoa sempre. Mas para a absolvição chegar, nos relvados como no céu, é preciso pedir perdão pelos pecados cometidos. E Slimani já pediu.

O momento de tensão entre Islam Slimani e Jorge Jesus, após este ter sido substituido ao minuto 61 do jogo deste sábado com o Arouca foi visto por muitos portugueses. Mas, ao que parece, não foi mais do que isso.

Segundo o jornal "Record", o desentendimento foi resolvido ainda no mesmo dia, no balneário, com o futebolista a reconhecer que se exaltou, pois esperava ainda ter oportunidade de marcar pelo menos um golo ao Arouca – que seroa o seu 50.º com a camisola do clube leonino, e permitiria ao argelino continuar na perseguição pelo título de melhor marcador, cuja liderança firme está nos pés do benfiquista Jonas e foi até refortçada esta domingo. Slimani estava com febre de bola, digamos.

O "Correio da Manhã" conta que o jogador, ainda antes de conversar com Jesus, falou com Adrien Silva, capitão de equipa, para justificar o gesto de desagrado quando foi substituído.

Com o resultado a 5-0, o jogador argelino entendeu a sua substituição como uma injustiça, não se apercebendo das preocupações de Jorge Jesus com o coletivo. Caso visse um cartão amarelo, Slimani já não poderia jogar no Restelo, daqui a duas semanas, com o Belenenses.

Até agora, Slimani conta com 24 golos em todas as competições. No final da conversa entre jogador e treinador, ficou um aviso do treinador: não voltarás a manifestar-te desta forma.

  • Sporting goleia o Arouca

    Com este resultado, os leões somam 65 pontos, mais um do que o Benfica, passando provisoriamente para a liderança da I Liga