Siga-nos

Perfil

Expresso

Desporto

Maria Sharapova apanhada em controlo antidoping

  • 333

Kevork Djansezian/ Getty Images

A tenista russa foi apanhada com meldonium, uma substância que desde 2006 e que no começo deste ano passou a ser proibido pela Federação Internacional de Ténis. A partir de 12 de março, Sharapova está provisoriamente suspensa

Maria Sharapova tinha convocado uma conferência de imprensa. Especulava-se qual seria a novidade. Esta segunda-feira, a tenista russa que já ocupou o primeiro lugar no ranking mundial confessou: foi submetida a teste de controlo antidoping e o resultado foi positivo.

“Tenho que assumir totalmente a responsabilidade. É o meu corpo e sou responsável pelo que tomo”, justificou Sharapova.“Sei que tenho de enfrentar as consequências e não quero acabar a carreira desta forma. Espero, sinceramente, ter outra oportunidade de jogar”, acrescentou.

Segundo a tenista, a substância em causa é o meldonium, algo que toma há dez anos por questões de saúde. Recentemente, no começo de 2016, o meldonium foi incluído na lista de produtos proibidos pela Agência Mundial Antidopagem. Ex-número um garante que não sabia e que não leu o e-mail da Federação com a atualização da listagem.

O teste remonta a 26 de janeiro, durante o Open da Austrália, onde foi eliminada nos quartos de final. Agora, a tenista fica “provisoriamente suspensa”.

“A amostra foi analisada pelo laboratório creditado da Agência Mundial de Antidopagem (WADA), e deu positivo para o meldonium, que é uma substância proibida pelo Código da WADA e o Programa Antidopagem do Ténis (TADP). De acordo com o artigo 8.1.1 da TADP, Sharapova foi acusada a 2 de março pela violação das regras de anti doping”, lê-se no comunicado divulgado pela Federação Internacional de Ténis.

Segundo a Biblioteca Nacional de Medicina dos Estados Unidos, o meldonium (também conhecido como mildronate) aparece sobretudo associado ao tratamento de problemas cardíacos e circulação do oxigénio. Quem toma a substância fica mais bem disposto e ativo, diminui a disfunção motora e a fraqueza.