Siga-nos

Perfil

Expresso

Desporto

Ricardo Moura lidera Rali de Fafe

  • 333

Mais rápido na dupla passagem pela classificativa do Conforco, Ricardo Moura comanda o Rali Serras de Fafe, com 13,8” de avanço sobre o regressado Miguel Campos

Numa noite marcada pelo frio, chuva e lama, factores que não afastaram os espectadores da estrada, Ricardo Moura (Ford Fiesta R5) ganhou quase 14” aos seus adversários - o 2º classificado é o regressado Miguel Campos (Skoda Fabia R5) - e afirmou a sua candidatura à repetição da vitória do ano passado.

À chegada, o piloto açoriano admitia que “devia ter entrado de forma mais agressiva, mas ainda estamos no início e há muito rali para cumprir”.

Segundo na primeira passagem, José Pedro Fontes (Citroen DS3 R5) teve na segunda passagem uma ligeira saída de estrada que lhe custou alguns segundos, pelo que viu Miguel Campos ascender ao segundo lugar, com o campeão nacional a ficar a 1,6” do piloto do Skoda.

Para Miguel Campos, “o carro estava afinado para seco e na primeira passagem, cometi vários erros por ele escorregar demais”.

Os regressados estiveram em evidência, pois além do segundo lugar de Miguel Campos, Paulo Meireles (Skoda Fabia R5), que foi sexto o ano passado, é quarto classificado, e Fernando Peres (Ford Fiesta R5), apesar de ter tido problemas de caixa de velocidades, é quinto da geral.

De assinalar que o estreante Miguel Barbosa (Skoda Fabia R5), para quem tudo é novo, é 11.º, a 0,2” de entrar no “top ten”, com o hepta-campeão nacional de TT a reconhecer que “com chuva, granizo e lama não podia ter tido piores condições para a estreia”.

O espanhol Pepe Lopez (Peugeot 208 VTi R2), 13.º, é o primeiro entre os carros de duas rodas motrizes, com 11,2” de vantagem sobre Diogo Gago (Peugeot 208 R2).

Pelo caminho ficaram já Ricardo Teodósio (Ford Fiesta R5), com problemas de travões - nem chegou a entrar para a primeira especial - e Aloiosio Monteiro (Renault Clio R3), que capotou.

No que diz respeito à Taça FPAK de Ralis de Terra, José Merceano (Mitsubishi Lancer VIII) comanda, com 16,0” de avanço sobre Luís Mora (Mitsubishi Lancer VII, mais rápido na primeira passagem.

Classificação geral, após duas especiais

1.º, Ricardo Moura/António Costa (Ford Fiesta R5), 14’37,6”; 2.º, Miguel Campos/Carlos Magalhães (Skoda Fabia R5), a 13,8”; 3.º, José Pedro Fontes/Inês Ponte (Citroen DS3 R5), a 15,4”; 4.º, Pedro Meireles/Mário Castro (Skoda Fabia R5), a 29,4”; 5.º, Fernando Peres/José Pedro Silva (Ford Fiesta R5), a 43,2”; 6.º, João Barros/Jorge Henriques (Ford Fiesta R5), a 57,7”; 7.º, Carlos Vieira/Jorge Carvalho (Citroen DS3 R5), a 59,6”; 8.º, Paulo Meireles/Marco Gonçalves (Skoda Fabia R5), a 1’08,8”; 9.º, Carlos Martins/Daniel Amaral (Citroen DS3 R5), a 1’20,1”; 10.º, Diogo Salvi/Paulo Babo (Ford Fiesta R5), a 1’30,5”. Estão classificadas mais 15 equipas.