Siga-nos

Perfil

Expresso

Desporto

FIFA aprova testes com vídeo-árbitro

  • 333

O novo presidente da FIFA, Gianni Infantino, congratulou-se este sábado com a decisão.

Peter Cziborra/Reuters

O período experimental decorrerá durante os próximos dois anos. Além desta nova tecnologia, o IFAB também decidiu acabar com a tripla penalização (penálti, cartão vermelho e suspensão do jogador)

Helena Bento

Jornalista

O International Board (IFAB), entidade que regula as leis no futebol, aprovou este sábado o recurso a imagens de vídeo nas arbitragens dos jogos, a título experimental.

A tecnologia será usada apenas em situações específicas - golos, cartões vermelhos, penáltis e troca de identidades. Segundo o comunicado do IFAB, citado pela BBC, o período experimental decorrerá durante os próximos dois anos, “o mais tardar na época 2017-2018”, para, de acordo com a entidade, “identificar as vantagens, desvantagens e os piores cenários”.

O novo presidente da FIFA, Gianni Infantino, congratulou-se com a decisão e considerou que este sábado é um “dia histórico” para o desporto, não deixando, porém, de salientar a importância de haver um período experimental. “O ritmo do jogo é crucial. Não podemos pôr isso em perigo, daí haver primeiro um teste.”

Além desta nova tecnologia, o IFAB também decidiu acabar com a tripla penalização (penálti, cartão vermelho e suspensão do jogador). É a segunda vez que a FIFA revela alguma abertura em relação ao uso de novas tecnologias no futebol, depois de em 2012 ter aprovado a introdução da tecnologia da linha de golo e as equipas de arbitragem de cinco elementos.