Siga-nos

Perfil

Expresso

Desporto

Negócio do ano: Giannelli ‘Ferrari’ Imbula no Stoke por €24 milhões (e há mais novidades no mercado)

  • 333

MIGUEL VIDAL / Reuters

Apesar de nunca se ter afirmado pelos dragões, o FC Porto conseguiu vender por mais do que comprou e garantiu ainda percentagem numa futura venda. E há notícias em Alvalade e na Luz

A saída de Imbula do FC Porto para o Stoke City deverá marca, a nível nacional, o útimo dia de movimentações na abertura do mercado de janeiro, tendo em conta as circunstâncias muito particulares deste negócio.

Contratado no início da época ao Marselha por 20 milhões de euros (a mais cara aquisição de sempre por parte de um clube português), o centro-campista nunca conseguiu pegar de estaca na equipa de Julen Lopetegui. Começou a época a titular mas depressa foi deixado cair pelo técnico catalão, que segundo Pinto da Costa o considerava “um Ferrari” e por isso forçou a sua entrada.

Sem lugar assegurado sequer no banco de suplentes dos portistas em muitos jogos, a saída do francês era tida como natural e foi confirmada pela SAD portista na noite desta segunda-feira. A particularidade deste negócio é que oito meses depois deste fracasso desportivo Imbula sai valorizado da Invicta: 24 milhões de euros e ainda 15% de mais-valias numa futura transferência acima deste valor.

Ao nível dos clubes grandes, este último dia deste mercado de janeiro também foi agitado para as bandas de Alvalade. Apenas 48 horas depois de ter marcado o golo que valeu a apertada vitória diante a Académica (3-2) para o campeonato , Montero saiu do Sporting. Aos 28 anos e duas épocas e meia depois, o colombiano ruma ao futebol chinês para atuar pelo Tianjinm Teda, por troca direta com o argentino Hernán Barcos, de 31 anos, avançado que Jorge Jesus já seguiria quando ainda treinava o Benfica. Barcos já está confirmado em Alvalade e a cláusula fica nos €60 milhões.

Os valores envolvidos não conferem na imprensa desportiva: o “Record” online diz que os leões recebem sete milhões de euros pela venda de 70% do passe do colombiano e que Barcos custará três milhões de euros; já “A Bola” fala apenas de uma troca direta que rende aos leões cinco milhões de euros.

Outra saída do plantel leonino poderá ser a do japonês Tanaka, que segundo o site MaisFutebol regressa ao clube de onde veio, o Kashiva Reysol, por empréstimo até final da temporada. Dos jogadores atualmente ao serviço da equipa B saem também Labyad (que ruma aos ingleses do Fulham, por empréstimo de uma época e meia, ou seja, até ao final do contrato do marroquino com o Sporting), Salim Cissé (para o Vitória de Setúbal, igualmente por empréstimo) e o francês Sacko (cedido até ao verão ao Sochaux).

Do outro lado da Segunda Circular também haverá novidades até ao final do dia. Espera-se a todo o momento que o Benfica apresente Jovic, jovem promessa do futebol sérvio contratada ao Estrela Vermelha de Belgrado. É natural que o avançado de 18 anos rume à equipa B para uma mais rápida adaptação ao país e à realidade encarnada.

Em sentido oposto, o clube coloca dois jovens jogadores a ganhar experiência fora do Seixal: João Teixeira (que treina com a equipa principal mas joga habitualmente com os B) vai para o Vitória de Guimarães e o belga Alexis Scholl regressa a casa para alinhar pelo Gent. Em ambos os casos trata-se de cedências até final da época.