Siga-nos

Perfil

Expresso

Desporto

“Lopetegui teve um problema em Portugal: Chama-se Jorge Jesus”

  • 333

JOSÉ COELHO/LUSA

Em entrevista ao jornal espanhol “Marca”, o treinador do Sporting admitiu a possibilidade de treinar o FC Porto e sublinhou que se vencer o campeonato “será quase impossível ficar em Portugal”

O treinador do Sporting, Jorge Jesus, admitiu este sábado, em entrevista ao jornal espanhol Marca, vir a treinar o FC Porto ou outro clube europeu, como o Atlético de Madrid, mas ressalvou que "de momento, está focado no Sporting".

Numa entrevista em que é apelidado de "o novo rei dos leões", Jorge Jesus foi questionado sobre a possibilidade de vir a treinar o FC Porto, depois das passagens pelo Benfica e, agora, o Sporting.

"Sim. Tenho de estar preparado para treinar todas as equipas do Mundo. Não seria o primeiro [casos de Fernando Santos e Jesualdo Ferreira], mas sim [seria o primeiro] se conseguisse ganhar o título [da Liga portuguesa] com os três", disse Jorge Jesus.

Após uma consideração do entrevistador de que se Jorge Jesus "ganhar o campeonato [pelo Sporting] será quase impossível ficar em Portugal", a Marca pergunta pelo interesse do Atlético de Madrid. Jesus responde que "se as circunstâncias forem apropriadas, logo se verá".

"Mas neste momento estou feliz e vou aguardar serenamente. Ainda tenho dois anos de contrato com o Sporting, mas tudo é imprevisível para um treinador", salientou Jorge Jesus, que elogiou também o Atlético de Madrid como "uma clube potente, um dos grandes de Espanha".

Também elogiou o trabalho de Simeone à frente dos 'colchoneros' e ressalvou que "não seria simpático" da sua parte "dizer que poderia estar interessado no Atlético".

O treinador da equipa principal de futebol do Sporting também admite, após insistência do jornalista sobre se é o melhor treinador português da atualidade, que é o melhor treinador português em Portugal.

À primeira pergunta, Jorge Jesus ainda respondeu que não faz ideia e que disso só poderiam falar os jogadores que trabalharam com ele. Após a insistência, afirmou: "Não posso dizer, porque é subjetivo. O melhor treinador do mundo foi o Luís Enrique [FC Barcelona], porque ganhou a 'Champions' e ganhou tudo. Em Portugal, ganhei tudo nos últimos anos com o Benfica. Suponho que em Portugal devo ser o melhor".

Sobre Julen Lopetegui, o treinador do Sporting disse que o problema do treinador basco, que saiu em janeiro do FC Porto sem ter conquistado títulos, tem um nome: "Jorge Jesus".

"Lopetegui teve um problema em Portugal: um treinador ao qual não conseguiu ganhar nada. Chama-se Jorge Jesus. O problema de Lopetegui foi o Jorge Jesus, mas penso que é um bom técnico", salientou.

Reafirmando que não se arrepende de ter saído do Benfica, Jorge Jesus reiterou que está confiante de que o Sporting poderá ser campeão esta época, 14 anos depois da última liga conquistada.

"Pensamos que sim, que é possível. Somos líderes, mas os nossos rivais são fortes. Estamos a fazer um trabalho com muita paixão, muito competente. Não acreditávamos que o primeiro ano nos poderia correr tão bem. Os adeptos voltaram a ter orgulho no seu clube", disse Jorge Jesus.