Siga-nos

Perfil

Expresso

Desporto

Sporting não revelou valor do acordo com a NOS, empresa sim

  • 333

Clube de Alavalade assinou acordo histórico, mas só revelou o montante global de €515 milhões - que inclui contrato com a NOS e renegociação com a PPTV, de Joaquim Oliveira. Comunicado da NOS é que avança com valores

Numa fase em que os adeptos discutem quem fez o melhor acordo e os clubes apresentam sucessivamentes números maiores que os dos rivais, o Sporting anunciou esta terça-feira mais um acordo histórico no futebol portugues: são €515 milhões para os direitos televisivos e de patrocínio, divididos em duas partes - uma envolve a NOS e a outra a PPTV, de Joaquim Oliveira.

No comunicado enviado à CMVM, o clube de Alvalade noticia o acordo mas não revelou nem o montante do contrato com a NOS nem da renegociação com a PPTV. Refere apenas que se trata de €515 milhões e precisa o que está em causa em cada um dos negócios (tirando, lá está, os valores por negócio).

Só lendo o comunicado da NOS é que é possível chegar aos números: a operadora explicou à CMVM que paga €446 milhões (“repartidos em montantes anuais progressivos”) pelos direitos dos jogos do Sporting em casa, pela exploração da publicidade estáticas e virtual no estádio, pelos direitos da Sporting TV e pelo direito de ser o principal patrocinador do clube. Alguns dos direitos, como o do patrocínio das camisolas, avançam já e outros só entram em vigor em 2017 e 2018.

Posto isto, percebe-se então que a renegociação com a PPTV de Joaquim Oliveira valerá mais 69 milhões ao clube de Alvalade, sendo uma das nunces mais interessantes do acordo - o Sporting consegue mais dinheiro por um contrato em vigor (que prevê direitos de transmissão televisiva e exploração de publicidade até 2018).

Refira-se que o Benfica assinou um contrato com a NOS no valor de €400 milhões, mas que inclui somente os direitos dos jogos em casa e da BTV. O FC Porto assinou com a PT/Altice por €457,5 milhões, mas o contrato já inclui patrocínio das camisolas, além dos direitos dos jogos em casa e do Porto Canal.

Em baixo, pode ler os dois comunicados desta terça-feira:

Comunicado do Sporting

A SPORTING CLUBE DE PORTUGAL, Futebol SAD informa, nos termos do art. 248.º, n.º 1 do Código de Valores Mobiliários, que chegou hoje aos seguintes acordos:

1) com NOS LUSOMUNDO AUDIOVISUAIS, S.A. um contrato para a cessão dos seguintes direitos:

(i) direito de transmissão televisiva e multimédia dos jogos em casa da Equipa A de Futebol Sénior da Sporting SAD e direito de exploração da publicidade estática e virtual do estádio José Alvalade pelo período de 10 épocas desportivas com início em 1 de Julho de 2018;

(ii) direito de transmissão e distribuição do Canal Sporting TV, pelo período de 12 Épocas desportivas, com início em 1 de Julho de 2017;

(iii) direito a ser o seu Principal Patrocinador, pelo período de 12 épocas e meia, com início a 1 de Janeiro de 2016.

2) com a PPTV – Publicidade de Portugal e televisão, S.A. um aditamento ao contrato atual pelo qual foram revistos os valores a pagar pelos direitos de transmissão televisiva e multimédia dos jogos em casa da Equipa A de Futebol Sénior da Sporting SAD e direito de exploração da publicidade estática e virtual do estádio José Alvalade para as épocas 2015-2016, 2016-2017 e 2017-2018.

As contrapartidas financeiras globais resultantes do valor dos contratos, incluindo as épocas 2015-2016, 2016- 2017 e 2017-2018, o referido no ponto 1 e o aditamento referido no ponto 2 ascendem ao montante de € 515.000.000. Lisboa, 29 de dezembro de 2015

Comunicado da NOS

A NOS SGPS, S.A. informa que foi hoje celebrado entre a SPORTING CLUBE DE PORTUGAL -FUTEBOL SAD, a SPORTING COMUNICAÇÃO E PLATAFORMAS, S.A. e a NOS LUSOMUNDO AUDIOVISUAIS, S.A. um contrato para a cessão dos seguintes direitos:

(i) direito de transmissão televisiva e multimédia dos jogos em casa da Equipa A de Futebol Sénior da Sporting SAD;

(ii) direito de exploração da publicidade estática e virtual do estádio José Alvalade;

(iii) direito de transmissão e distribuição do Canal Sporting TV;

(iv) direito a ser o seu Principal Patrocinador.

O contrato terá uma duração de (a) 10 épocas no que se refere aos direitos indicados em (i) e (ii) supra, com início em 1 de Julho de 2018, de (b) 12 épocas no caso dos direitos mencionados em (iii) com inicio em 1 de Julho de 2017 e (c) 12 épocas e meia no caso dos direitos mencionados em (iv) com início no dia 1 de Janeiro de 2016, ascendendo a contrapartida financeira global ao montante de 446.000.000, repartida em montantes anuais progressivos.

Esta informação está também disponível no site de Apoio ao Investidor da "NOS" em www.nos.pt/ir.

Lisboa, 29 de dezembro de 2015