Siga-nos

Perfil

Expresso

Desporto

Golos, vitória, chichi, cama. É assim a noite em Alvalade

  • 333

Aquilani foi titular e marcou o segundo golo do Sporting

PATRICIA DE MELO MOREIRA/Lusa

O Sporting venceu o Moreirense por 3-1 e mantém a liderança da Liga portuguesa

Olhar para o onze do Sporting esta noite, em Alvalade, foi uma experiência incomum. É que hoje jogava-se a Liga portuguesa e não a Liga Europa, mas mesmo assim esta pareceu ser noite europeia. É que Jorge Jesus decidiu rodar a equipa: ficaram os suspeitos do costume - Patrício, Ruiz, Slimani e Adrien -, mas no resto houve várias mudanças, já que entraram Esgaio (por João Pereira), Jonathan (Jefferson), Paulo Oliveira (Ewerton), Aquilani (William), Gelson (João Mário) e Teo (Montero).

As mudanças tinham uma explicação simples (não, não era a notícia do “Correio da Manhã” de hoje, que dizia que João Mário e William foram “apanhados na noite lisboeta”): o Sporting já tinha jogado na quinta-feira, contra o Besiktas, e volta a jogar na quarta-feira, em Braga, para a Taça (20h, SportTV1), num jogo que tem tudo para ser complicado.

Ou, pelo menos, mais complicado do que a partida desta noite, perante um Moreirense bem organizado defensivamente mas curto para tanto ataque do Sporting. Pelo meio, pela esquerda ou pela direita, a equipa de Jesus foi dominando as operações (com muito de Aquilani) e ninguém se surpreendeu quando o golo apareceu, aos 29 minutos.

A jogada, claramente ensaiada nos treinos leoninos, saiu na perfeição a Ruiz, que fingiu ir marcar um livre diretamente para a baliza mas endereçou-o a Gelson - descaído na direita, já dentro da área - que recebeu e marcou. O lance só não pode ser considerado perfeito porque Esgaio, posicionado ao lado da barreira do Moreirense, bloqueou com os braços a saída do jogador adversário mais perto da bola, ilegalidade que o árbitro Nuno Almeida não sancionou.

Antes do intervalo, foi a vez de Aquilani marcar, após assistência de Adrien, que irrompeu pela área e ofereceu o golo ao colega (mais parecia João Mário a oferecer a Adrien...).

O jogo já estava tranquilo para o Sporting, mas ficou ainda mais logo no início da 2ª parte, quando Slimani marcou o terceiro, na recarga do penálti falhado que Jesus ordenou que marcasse (Adrien, o marcador habitual, já tinha a bola nas mãos).

O Moreirense ainda respondeu, por Rafael Martins, também de penálti (após falta de Naldo), mas não passou do 3-1, apesar das tentativas de Boateng e Vítor Gomes, devido às intervenções seguras de Rui Patrício.

O Sporting continua a ser líder da Liga portuguesa, depois de uma vitória sem grandes problemas em Alvalade. O que, independentemente do onze, já começa a ser comum.