Siga-nos

Perfil

Expresso

Desporto

Fury perde o título por ter recusado desafio

  • 333

Alex Morton / Reuters

O pugilista britânico prefere uma desforra com o ucraniano Wladimir Klitschko em vez de defrontar o desafiador oficial Vyacheslav Glazkov, proposto pela Federação Internacional de Boxe

A Federação Internacional de Boxe (IBF) retirou a Tyson Fury o título mundial de pesos-pesados, depois de o inglês ter aceitado o desafio de desforra do ucraniano Wladimir Klitschko e recusado a proposta do desafiador oficial Vyacheslav Glazkov.

O presidente da IBF, Lindsey Tucker, confirmou aos microfones da BBC que o organismo retirou a Fury o título conquistado a 28 de novembro, em Dusseldorf, Alemanha, por ter "trocado" de adversários.

"Retiramos o cinto a Fury. O nosso desafiador era Vyacheslav Glazkov, mas Fury preferiu assinar um acordo de desforra com Wladimir Klitschko", justificou o presidente da IBF.

O empresário de Klitschko, Bernd Bonte, explicou que o desafio de desforra foi apresentado pelo ucraniano a 2 de dezembro, prosseguindo agora negociações para fixar a data e local do novo combate.

Fury, de 27 anos, tinha capturado os cintos da WBA, IBF, IBO e WBO de pesos-pesados, depois de vencer aos pontos (115-112, 115-112 e 116-111) Klitschko, que não perdia um combate desde 2004.

À entrada para o ringue em Dusseldorf, o ucraniano, de 40 anos, levava no currículo 64 vitórias na carreira, a grande maioria (54) por KO.