Siga-nos

Perfil

Expresso

Desporto

Depois das chuteiras roubadas, as malas ausentadas: as atribulações europeias do Braga

  • 333

HUGO DELGADO / LUSA

Equipa bracarense teve de deixar o aeroporto em direção ao hotel sem as bagagens da comitiva, devido a uma avaria. Depois do caso das chuteiras em Marselha, mais um acidente inusitado a afetar a equipa nortenha

Há pouco mais de um mês, o Braga foi até Marselha e ficou sem chuteiras - foram roubadas no estádio da equipa da casa. Esta quarta-feira, na chegada à Holanda, onde vai defrontar o Groningen, os bracarenses ficaram sem a bagagem - que se ausentaram temporariamente.

Segundo avança “A Bola”, a viagem entre Portugal e Holanda correu dentro da normalidade, exceto quando chegou a altura de retirar as malas do avião: o elevador não tinha altura suficiente para alcançar o comportamento de carga da aeronave. A comitiva teve mesmo que seguir caminho até ao hotel sem malas. A situação foi regularizada uma hora depois, com as bagagens a serem retiradas pela escadas utilizadas pelos passageiros.

No começo de novembro, durante a deslocação a Marselha, em França, a equipa do Braga também esteve envolvida num episódio invulgar. Todas as chuteiras dos jogadores foram roubadas do balneário do Estádio Vélodrome - os futebolistas compraram chuteiras novas no dia da partida. O jogo chegou a estar em risco, mas acabou por se realizar.

O Braga defronta esta quinta-feira, pelas 18h, o Groningen. O jogo faz parte da fase de grupos da Liga Europa. Os minhotos já estão apurados para a próxima fase da prova.