Siga-nos

Perfil

Expresso

Desporto

Ciclismo. W52 troca o Sporting pelo FC Porto

  • 333

Afinal não será o Sporting a firmar acordo com a equipa, como tinha sido anunciado na quinta-feira passada. O acordo com o FC Porto é válido para os próximos cinco anos e representa o regresso do clube à modalidade, suspensa em 1984

Helena Bento

Jornalista

O FC Porto vai regressar ao ciclismo no próximo ano com a equipa da W52, refere um comunicado divulgado pelo clube. Afinal não será o Sporting a firmar acordo com a equipa que venceu as últimas três edições da Volta a Portugal, como tinha sido anunciado na passada quinta-feira.

"O FC Porto vai regressar ao ciclismo em 2016, através da equipa W52-FC Porto-Porto Canal. O acordo é válido para os próximos cinco anos e representa o regresso do clube à modalidade, suspensa em 1984, após décadas de muitas vitórias. Aliás, o FC Porto tem um recorde de 13 títulos por equipas na Volta a Portugal", lê-se no comunicado divulgado este domingo à tarde.

Em declarações ao Porto Canal, o presidente Pinto da Costa disse que a parceria será feita com "os pés bem assentes no chão". Nuno Ribeiro, ex-vencedor da Volta, diretor desportivo da equipa e presidente da União Ciclista de Sobrado, clube associado à W52, afirmou que o principal objetivo para 2016 é o de "tentar vencer o maior número de provas possível, em particular a revalidação da Volta a Portugal", refere o site Mais Futebol.

Da temporada passada devem transitar o vencedor das últimas duas Voltas a Portugal, Gustavo Veloso, assim como Samuel Caldeira, Raúl Alarcon, Rui Vinhas, António Carvalho, Joaquim Silva, Angel Rebollido e Juan Ignacio Pérez.

O FC Porto esteve presente no ciclismo entre 1945 e 1984. No seu historial conta com 13 vitórias coletivas na Volta a Portugal e muitas outras individuais, como as conquistadas por Manuel Zeferino (1981) e Marco Chagas (1982 e 1983),