Siga-nos

Perfil

Expresso

Desporto

Dérbi da Taça. Conselho de Disciplina da FPF reage às queixas mútuas

  • 333

MÁRIO CRUZ / Lusa

Benfica queixou-se de uma agressão de Slimani e Sporting reagiu contra agressões de vários benfiquistas, no jogo da Taça de Portugal e também no dérbi do campeonato. Processo determinado pelo órgão disciplinar da Federação já decorre

O Conselho de Disciplina (CD) da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) revelou esta quarta-feira ter instaurado um processo "com vista ao apuramento de factos" relacionados com o Sporting-Benfica da Taça de Portugal.

O processo relativo ao jogo da quarta eliminatória, em que os leões afastaram o Benfica (por 2-1, após prolongamento), segue-se às queixas apresentadas pelos dois clubes nos dias posteriores ao dérbi, disputado a 21 de novembro no Estádio José Alvalade.

Dois dias depois da derrota, o Benfica foi o primeiro a apresentar uma queixa junto do CD, contra o argelino Islam Slimani, do Sporting, por este ter alegadamente dado uma cotovelada no grego Samaris.

Slimani acabaria por marcar o golo do triunfo do Sporting, aos 112 minutos, depois de o grego Mitroglou ter colocado as 'águias' em vantagem aos seis minutos e de Adrien ter empatado nos descontos da primeira parte.

À queixa do Benfica seguiu-se a do Sporting, dois dias depois, com o clube de Alvalade a visar vários jogadores, por aquilo que considera agressões a seus futebolistas e a um treinador adjunto da equipa.

Na ocasião, de acordo com fonte do Sporting, o clube apresentou queixas contra os encarnados por agressões, não só no jogo na Taça mas também no encontro da I Liga, no qual a formação leonina derrotou os encarnados, na Luz (0-3), a 25 de outubro.