Siga-nos

Perfil

Expresso

Desporto

Olho por olho, dente por dente. Sporting responde ao Benfica com 4 participações

  • 333

Nuno Fox

Às participações disciplinares desta terça-feira de manhã contra Buno de Carvalho, Jorge Jesus, Jaime Marta Soares e Octávio Machado, os leões reagiram à tarde e acusam Rui Gomes da Silva, Rui Costa, João Gabriel e Pedro Guerra

O Sporting anunciou esta tarde que vai apresentar queixas na Comissão de Instrução e Inquéritos (CII) da Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP) contra responsáveis do Benfica, devido a declarações e à conduta pública destes durante a temporada.

Em comunicado, os leões apontam Rui Gomes da Silva, elemento da direção do Benfica, Rui Costa, administrador da Benfica SAD, João Gabriel, diretor de comunicação do Benfica e Benfica SAD, e Pedro Guerra, diretor de conteúdos da BTV (canal de televisão dos encarnados), como alvos dos processos.

Para o Sporting, a conduta destes responsáveis enquadra-se "na prática de ilícitos disciplinares muito graves e/ou graves, tais como, entre outros, 'exercício e abuso de influência', 'coação sobre árbitros', 'declarações sobre arbitragem antes dos jogos', 'declarações sobre a organização das competições' e 'lesão da honra e da reputação dos órgãos da estrutura desportiva e dos seus membros, árbitros e demais agentes'".

No mesmo comunicado, os leões dizem que vão "reforçar os esforços nas queixas já apresentadas pela oferta das caixas incluindo 'vouchers' de refeições e visitas a museus a árbitros, delegados e observadores", considerando que a reação do Benfica "vem demonstrar novamente que a denúncia pública realizada causou um forte mal-estar".

Afiançando que "aguardará pela investigação e apreciação dos factos pelas entidades jurisdicionais competentes", a SAD do Sporting "informa ainda que, como tem sido sua conduta habitual, irá juntar mais estas participações às já apresentadas anteriormente à Secretaria de Estado do Desporto e Juventude".

O clube 'leonino' afirma ainda que "não se deixará coagir por estratégias de manipulação da opinião pública e de escamoteamento de atos que violam claramente os regulamentos desportivos e códigos de ética das instâncias que tutelam o futebol europeu e mundial".

"A luta pela verdade desportiva tem de prosseguir o seu caminho apesar dos inúmeros obstáculos que os que são adversos à mesma nos tentem colocar", lê-se no documento.

Também esta terça.feira, o Benfica tinha anunciado a apresentação de participações disciplinares na CII da LPFP contra quatro elementos do Sporting: o presidente Bruno de Carvalho, o treinador Jorge Jesus, o presidente da Mesa da Assembleia Geral Jaime Marta Soares e o diretor-geral de futebol Octávio Machado, por declarações e conduta ao longo da temporada.