Siga-nos

Perfil

Expresso

Desporto

Seleção. Ronaldo não joga particulares com Rússia e Luxemburgo

  • 333

JAVIER LIZON/EPA

Também Danny, Tiago, Ricardo Carvalho, Eder e Ricardo Quaresma vão estar ausentes. O selecionador nacional justifica a decisão como uma “forma de gestão”

Fernando Santos justificou esta sexta-feira as ausências de Cristiano Ronaldo e outros habituais titulares de Portugal como uma “forma de gestão”, para o duplo confronto com Rússia e Luxemburgo, de preparação para a fase final do Euro2016 de futebol.

O selecionador nacional, que falava, em Lisboa, na conferência de imprensa de divulgação dos convocados para os dois próximos jogos particulares, considerou que, atualmente, a equipa das 'quinas' tem um "leque alargado" de jogadores que têm "qualidade e valor" para serem chamados.

“Esta convocatória é a prova provada disso. Não é importante falar em quem não está. Temos uma equipa forte”, afirmou Fernando Santos.

Além do capitão Cristiano Ronaldo, também Danny, Tiago, Ricardo Carvalho, Eder e Ricardo Quaresma estão pela primeira vez ausentes nas escolhas de Fernando Santos, numa lista com muitos regressos e em que se destaca a estreia absoluta do benfiquista Gonçalo Guedes.

“Esta não é a lista do próximo Europeu, muitos vão fazer parte, outros não. Não há experiências. Se quisesse fazer experiências escolhia uma equipa de grau de dificuldade mais baixo e jogava em Portugal. Há jogadores que estão ausentes como forma de gestão. Neste momento entendi fazer gestão dos ativos que tenho ao dispor”, explicou o técnico.

Para Fernando Santos, esta convocatória representa para a seleção lusa “o primeiro dia do Euro2016”.

“No passado, nem sempre conseguimos que esta data fosse assim. Tínhamos que jogar o ‘play-off’. Já estamos na fase final e, a partir de hoje, vou ver como as coisas vão funcionar. O nosso objetivo é potenciar os jogadores que temos“, referiu.

Portugal, que assegurou a presença no Europeu do próximo ano após ter vencido o Grupo I de qualificação, defronta a Rússia a 14 de novembro, em Krasnodar, e três dias depois desloca-se ao Luxemburgo, naqueles que serão os dois últimos jogos da formação lusa em 2015.

Os 23 jogadores chamados por Fernando Santos concentram-se no dia 9 de novembro, segunda-feira, numa unidade hoteleira de Cascais, até 22h.

Até à viagem para a Rússia, agendada para dia 12 de novembro, Portugal tem três treinos agendados, todos no Estádio Nacional, em Oeiras.