Siga-nos

Perfil

Expresso

Desporto

Ronaldo para Mourinho: “Depois de tudo o que fiz por ti, é assim que me tratas?”

  • 333

Denis Doyle / Hetty Images

E Mourinho para Ronaldo: “Muitos aqui pensam como eu, mas não têm os t****** para te dizer na cara”. A história está na biografia do futebolista, escrita por Guillem Balague

A história fará dois anos em janeiro e aconteceu no jogo contra o Valência na primeira mão dos quartos de final da Taça do Rei. O Real Madrid vencia por 2-0, o tempo estava quase a acabar, mas Mourinho não desarmava e gritava com Ronaldo, que ele tinha de recuar e de defender como os outros.

Quando o encontro acabou, José Mourinho foi ter com Cristiano Ronaldo ao balneário e explicou-lhe o que queria dele:
- Olha que se eles marcassem um golo...

Ronaldo explodiu:
- Depois de tudo o que eu fiz por ti, é assim que me tratas? Como é que te atreves a falar-me assim?

E os dois continuaram com aquilo, com Mourinho a pedir-lhe calma e a justificar-se, dizendo-lhe que o que interessava era a equipa, e com Ronaldo a não lhe dar razão. Foi então que as coisas azedaram e nunca mais voltaram a ser as mesmas entre eles.

Mourinho gritou:
- Só para que saibas, muitos aqui pensam como eu, mas não têm os t****** para te dizer na cara.

Ronaldo e Mourinho quase que chegaram ao confronto físico e não fora a intervenção de alguns colegas e ter-se-iam embrulhado.

Este é um dos episódios que vão sendo revelados da biografia de Cristiano Ronaldo, escrita por Guillem Balagué, um jornalista espanhol a quem o português já ameaçou com um processo por difamação.