Siga-nos

Perfil

Expresso

Desporto

Arbitragem pede averiguação a palavras de Bruno de Carvalho e Jesus

  • 333

MANUEL DE ALMEIDA / Lusa

Declarações do presidente do Sporting, sobre a nomeação do árbitro Jorge Ferreira para o jogo com o Estoril - Praia, e do treinador leonino durante uma conversa com o 4.º árbitro desse encontro, enviadas para avaliação disciplinar

O Conselho de Arbitragem (CA) da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) vai pedir a averiguação, por parte do Conselho de Disciplina (CD), às declarações do presidente e do treinador do Sporting referentes à receção ao Estoril-Praia.

"O CA da FPF vai enviar hoje duas participações ao CD para a averiguação de eventuais ilícitos disciplinares, uma relativa às declarações do presidente do Sporting, Bruno de Carvalho, a contestar a nomeação do árbitro Jorge Ferreira para o jogo com o Estoril-Praia, e outra relativa às eventuais afirmações dirigidas pelo treinador do Sporting, Jorge Jesus, ao quarto árbitro [Daniel Cardoso] no decorrer do referido jogo", disse hoje à Lusa fonte oficial do CA da FPF.

Na véspera da receção ao Estoril-Praia, o presidente do Sporting contestou a nomeação do árbitro bracarense para o encontro da 9ª jornada, que os leões viriam a vencer, no passado sábado, por 1-0, com um golo do colombiano Teo Gutierrez, na transformação de uma grande penalidade.

"Trata-se do árbitro que, no relatório final do jogo do Bessa, sustentou posições flagrantemente contrastantes com as transcritas pelo delegado da Liga no seu relatório e que, com essas suas afirmações, agravou a suspensão de 20 dias de que fui alvo e causou o consequente processo que ainda não se encontra encerrado. Uns recebem o castigo de não poder comparecer no campo, outros recebem a distinção de apitar um jogo em Alvalade. Tomámos boa nota. Que não se confunda consciência tranquila com memória curta...", escreveu Bruno de Carvalho na sua página oficial no Facebook.

Durante o encontro, Jorge Jesus foi advertido por Jorge Ferreira após uma troca de palavras com o quarto árbitro.

Fonte oficial do Sporting disse à Lusa que "tudo o que o treinador Jorge Jesus disse referia-se única e simplesmente ao facto de, na época passada, o árbitro Jorge Ferreira ter sido o responsável por o expulsar no jogo entre Moreirense e Benfica".