Siga-nos

Perfil

Expresso

Desporto

Miguel Oliveira (KTM) na primeira linha

  • 333

JAVIER CEBOLLADA

Miguel Oliveira viu fugir a “pole position” no derradeiro minuto da qualificação para a corrida de Moto3, no traçado espanhol de Aragon.

O piloto português esteve grande parte da sessão no topo tabela de tempos e foi o primeiro piloto de Moto3 a baixar do segundo “58” no traçado aragonês. Na derradeira volta, o italiano Enea Bastianini (Honda) conseguiu ser mais rápido 0,200s e assegurou a primeira posição da grelha, com Miguel Oliveira a segurar o segundo lugar por 0,001 s. O inglês Danny Kent (Honda), comandante do campeonato, foi relegado para a derradeira posição da primeira linha da grelha.

É a quarta “pole” do italiano, que aproveitou bem o cone de ar de outro piloto para suplantar o piloto Miguel Oliveira. Kent, que será companheiro do piloto português para o ano, só conseguiu chegar à primeira linha da grelha na derradeira fase .

Para Miguel Oliveira, "os treinos foram muito positivos" e o facto de ter conseguido "rodar em bom ritmo", deu-lhe "confiança para a corrida". "Vou tentar fugir, mas não será fácil. O duelo com o Bastianini e o Kent vai ser interessante, mas espero terminar no pódio", conclui. Depois do que aconteceu na qualificação, é de crer que Miguel Oliveira vai estar — mais uma vez — na luta pela vitória.

Na categoria rainha, MotoGP, três marcas diferentes (Honda, Yamaha e Ducati) partilham a primeira linha, com o espanhol Maarc Marquez a assegurar a “pole”. Nos últimos momentos da sessão, o piloto não conseguiu evitar uma queda, mas esta não teve qualquer consequência. É a terceira “pole” consecutiva de Marquez no traçado de Aragon, sétima do ano. Ao estabelecer a da melhor marca da categoria, impô-se ao seu compatriota Jorge Lorenzo, único a acompanhá-lo no segundo “46”.

Surpresa para o terceiro tempo do italiano Andrea Iannone, que ainda não recuperou na totalidade da lesão sofrida no ombro esquerdo.

O espanhol Tito Rabat (Kalex) foi o mais rápido na qualificação da categoria Moto2, na qual os 15 primeiros cabem num segundo, com outro espanhol, Alex Rins (Kalex), e o francês Johann Zarco (Kalex) a partilharem a primeira linha da grelha. De assinalar que o francês pode sair de Aragon com o título no bolso, mas para isso a vitória é necessária. A concorrência já mostrou que não vai facilitar-lhe a vida.