Siga-nos

Perfil

Expresso

Desporto

Pinto da Costa desdiz Baía

  • 333

NUNO ANDRÉ FERREIRA / Lusa

Presidente do FC Porto afirma que é falso que Luís Filipe Vieira lhe tenha ligado a perguntar se estava interessado em Jesus, conforme revelou Vítor Baía à CMTV

Isabel Paulo

Isabel Paulo

Jornalista

Em declarações esta quarta-feira à “Dragões Diário”, Jorge Nuno Pinto da Costa sustenta que ser que é mentira ter recebido um alegado telefonema do presidente do Benfica a questionar se o FC Porto estaria interessado na contratação de Jorge Jesus. A revelação feita pelo ex-guarda-redes à CMTV, estação na qual é comentador desde o iníco da época em curso no programa ‘Mercado’, foi desmentida na newsletter assinada por Francisco J. Marques, do Gabinete de Comunicação do Clube, com o título 'Mentira’.

“Totalmente falso, não falo com Luís Filipe Vieira por telefone desde que o Benfica cortou relações dom o FC Porto”, esclareceu o presidente presidente portista, acrescentando que as únicas vezes que conversou foi em reuniões da Liga para tratar de assuntos de interesse do futebol. O líder da Luz e Pinto da Costa cortaram relações pessoais e institucionais há mais de uma década após terem sido amigos durante alguns anos, altura em que Luís Filipe foi sócio dos dragões.

Há um ano, os dois dirigentes fizeram um interregno na sua guerra particular e clubística, umas vezes surda, outras bastante ruidosa, para colocar na liderança da Liga o ex-administrador leonino Luís Duque, entretando deixado cair pelo FC Porto, apoiante do recém-eleito Pedro Proença.

O Expresso tentou sem sucesso contactar Vítor Baía, que há cinco anos deixou de o cargo de diretor do departamente de Relações Externas do FC Porto e hoje duramente posto em causa pelo clube. “É mentira, sem aspas, sem eufemismos, o que Vítor Baía disse sobre o alegado telefonema do presidente do benfica ao presidente do FC”, adianta a “Dragões Diário”, concluindo que um “estranho vírus ataca as pessoas que trabalham para a CMTV e que lhes causa aversão à verdade”.