Siga-nos

Perfil

Expresso

Desporto

Moto3. Miguel Oliveira (KTM) fecha a terceira linha

  • 333

Miguel Oliveira chegou a estar na primeira linha, mas na última volta foi ultrapassado por alguns adversários

TIM KEETON/EPA

O português Miguel Oliveira (KTM) vai largar da terceira linha, para a corrida de Moto3 que tem lugar, no domingo, no traçado inglês de Silverstone

Miguel Oliveira ocupou, durante algum tempo, um lugar na primeira linha, mas na última volta, ao não conseguir apanhar uma boa “boleia”, acabou por ver alguns dos seus adversários baixarem as respetivas marcas e relegá-lo para o nono lugar na hierarquia dos tempos.

Foi o que aconteceu com o espanhol Jorge Navarro, que com uma última volta fantástica, não só deixou a concorrência a mais de meio segundo, como bateu o “record” da pista, ao rodar em 2.12,440.

Para além do espanhol também o checo Karel Hanika (KTM) conseguiu chega ao segundo “12”, foram os únicos a fazê-lo, e com isso relegaram o comandante do campeonato, o inglês Danny Kent (Honda), para o terceiro lugar da grelha, depois de o inglês ter estado a maior parte da sessão no topo da tabela de tempos.

A exemplo do que sucedeu com Jorge Navarro, nas Moto3, também nas MotoGP o detentor da “pole”, o espanhol Marc Marquez (Honda), estabeleceu um novo “record” ao cumprir uma volta, aos 5.900 metros do percurso, em 2.00,234, o que lhe permitiu impôr-se aos seus compatriotas Jorge Lorenzo (Yamaha), três vezes vencedor em Silverstone, e Dani Pedrosa (Honda), que com ele partilham a primeira linha da grelha.

O italiano Valentino Rossi (Yamaha), que divide o comando do campeonato com Jorge Lorenzo, registou o quarto tempo, e só por duas vezes (“pole” em Assen e terceiro em Brno) conseguiu fazer melhor na qualificação, o que não o tem impedido de lutar pelas vitórias, pelo que, amanhã, tudo é possível.

Finalmente, nas Moto2, a “jogar em casa”, o inglês Sam Lowes (Speed Up) assegurou a “pole position”, depois de um problema mecânico o ter obrigado a permanecer uma grande parte da sessão na “box”, sendo de assinalar que os 13 primeiros “cabem” num segundo.

A qualificação ficaria marcada pela queda do espanhol Tito Rabat (Kalex) que, quando tentava regressar ao topo da tabela de tempos, teve um forte contacto com o asfalto, sendo retirado em maca para o centro médico do traçado, para exames.

Grelhas de partida

Moto3

1.ª linha: Jorge Navarro (Honda), 2.12,440; Karel Hanika (KTM), 2.12,979; Danny Kent (Honda), 2.13,044;

2.ª linha: Efren Vazquez (Honda), 2.13,124, Isaac Viñales (KTM), 2.13,444; Alexis Masbou (Honda), 2.13,446;

3.ª linha: Enea Bastianini (Honda), 2.13,525; Romano Fenati (KTM), 2.13,548; Miguel Oliveira (KTM), 2.13,591. Alinham mais 24 pilotos

Moto2

1.ª linha: Sam Lowes (Speed Up), 2.06,345, Alex Rins (Kalex), 2.06,403; Johann Zarco (Kalex), 2.06,419;

2.ª linha: Tito Rabat (Kalex), 2.06,588; Thomas Luthi; 2.06,801; Takaaki Nakagami (Kalex), 2.06,839;

3.ª linha: Jonas Folger (Kalex), 2.07,010; Lorenzo Baldassarri (Kalex), 2.07,059; Alex Marquez (Kalex), 2.07,076. Alinham mais 22 pilotos

MotoGP

1.ª linha: Marc Marquez (Honda), 2.00,234; Jorge Lorenzo (Yamaha), 2.00,522; Dani Pedrosa (Honda), 2.00,716;

2.ª linha: Valentino Rossi (Yamaha), 2.00,947; Pol Espargaro (Yamaha), 2.01,031; Bradley Smith (Yamaha), 2.01,140;

3.ª linha: Scott Redding (Honda), 2.01,329; Cal Crutchlow (Honda), 2.01,376; Andrea Iannone (Ducati), 2.01,874. Alinham mais 16 pilotos.