Siga-nos

Perfil

Expresso

Desporto

Podia ter sido uma dor de cabeça mas não foi

  • 333

GUILLAUME HORCAJUELO / EPA

A partir de 15 de setembro, ela está de volta e já sabemos como. A Liga dos Campeões sorteou-se e há notícias interessantes para Benfica e FC Porto. O pior cenário do sorteio anunciava complicações para o duo português, mas ambos estão em grupos em que têm obrigatoriamente de pensar na passagem. Há duas dorezinhas de cabeça apenas: Chelsea e Atlético de Madrid

O sorteio podia ter sido esquisito - com Real Madrid, Roma e Wolfsburgo para Benfica, por exemplo, e Barcelona, CSKA e Borussia Mönchengladbach para FC Porto -, mas tornou-se jeitoso. E há alguns reencontros - e para recuperar o adjetivo inicial, um deles será bem esquisito (Casillas vai reencontrar Mourinho, mas vamos já lá).

Vamos ao campeão e cabeça de série neste sorteio. O Benfica tem atribulações pela frente com o Atlético de Madrid de Simeone (e Oblak regressa à Luz), mas no polo oposto há aquela que é provavelmente a equipa mais inexperiente da Champions: os cazaques do Astana, que eliminaram o APOEL de Domingos. Pelo meio há ali uma deslocação à Turquia historicamente intensa: haverá Galatasaray. Mas entre estes três e Real, Roma e alemães, não há motivos para depressões - mas cuidado com as euforias.

Agora o FC Porto. O primeiro a sair não foi do melhor: deu Chelsea quando havia Zenit e PSV como tubarõezinhos do pote 1. Mas foi um sorteio psicologicamente interessante: Mourinho regressa ao Dragão, onde ganhou tudo, e vai ter de se cruzar com Casillas. É sabido que não firmaram grandes amizades e não deixa de ser curioso ver o sorteio a colocar o português e o espanhol frente a frente depois de cada um ter ido para seu lado. Mas depois a cousa melhorou para os dragões: deu Dínamo de Kiev (o FCP tem-se dado bem com ucranianos) e algum exotismo - viagem a Israel para visitar o Maccabi.

Quanto ao resto, o grupo mais estranho e menos competitivo junta dois treinadores portugueses: o Zenit de Villas-Boas e o Valencia de Nuno Espírito Santo têm belgas (Gent) e franceses (Lyon) para ultrapassar. O grupo D e E têm mais picante: um, o D, tem italianos, alemães, espanhóis e ingleses (está tudo na tabela aqui em baixo) e o outro, o E, repete três das nacionalidades (não há ingleses, mas bielorrussos). No grupo que abre isto tudo, o A, há que esperar o melhor: dois jogos entre Real e PSG.

Grupo C

Benfica (Portugal), Atlético de Madrid (Espanha), Galatasaray (Turquia), Astana (Cazaquistão)

Grupo G

Chelsea (Inglaterra), FC Porto (Portugal), Dínamo de Kiev (Ucrânia), Maccabi Telavive (Israel)

Grupo A

PSG (França), Real Madrid (Espanha), Shakhtar (Ucrânia), Malmoe (Suécia)

Grupo B

PSV (Holanda), Manchester United (Inglaterra), CSKA (Rússia), Wolfsburgo (Alemanha)

Grupo D

Juventus (Itália), Manchester City (Inglaterra), Sevilha (Espanha), Borussia Mönchengladbach (Alemanha)

Grupo E

Barcelona (Espanha), Bayer Leverkusen (Alemanha), Roma (Itália), BATE Borisov (Bielorrússia)

Grupo F

Bayern (Alemanha), Arsenal (Inglaterra), Olympiacos (Grécia), Dinamo Zagreb (Croácia)

Grupo H

Zenit (Rússia), Valencia (Espanha), Lyon (França), Gent (Bélgica)

  • O sorteio foi bom para Benfica e FC Porto

    Está feito o o sorteio da Liga dos Campeões. Benfica tem o Atlético de Madrid e turcos pela frente (e vai ainda ao Cazaquistão). Mourinho regressa ao Dragão para reencontrar Casillas - e os azuis e brancos têm ainda ucranianos e israelitas no caminho. Recorde o minuto a minuto do sorteio