Siga-nos

Perfil

Expresso

Desporto

Vitória sobre Djokovic vale 2.º lugar do ranking de ténis a Federer

  • 333

Foi a sétima vitória e segunda consecutiva de Roger Federer em Cincinnati, que assim somou o 87.º título da carreira e 24.º em torneios Masters 1000

TANNEN MAURY / EPA

Triunfo no Masters 1000 de Cincinnati permitiu ao suíço ultrapassar o britânico Andy Murray. Português João Sousa baixou dois lugares e é agora 46.º, depois da eliminação na segunda ronda do torneio norte-americano

O tenista português João Sousa caiu duas posições no ranking mundial, surgindo no 46.º lugar da tabela actualizada esta segunda-feira, na qual o suíço Roger Federer reaparece como 2.º classificado depois de vencer o torneio de Cincinnati.

O jogador de Guimarães foi eliminado na segunda ronda do torneio norte-americano pelo croata Marin Cilic, 9.º jogador mundial, enquanto Federer derrotou na final o sérvio Novak Djokovic, que lidera a classificação de forma folgada.

Isto significa que Federer será o segundo cabeça de série no Open dos Estados Unidos, quarta e última prova do Grand Slam, que arranca em Flushing Meadows, a 31 de agosto.

Derrotado por Federer nas meias-finais do Masters 1000 de Cincinnati, o britânico Andy Murray recuou para a 3ª posição, uma semana depois de ter aparecido à frente do suíço.

Foi a sétima vitória e segunda consecutiva de Federer em Cincinnati, que assim somou o 87.º título da carreira e 24.º em torneios Masters 1000. O suíço venceu o rival sérvio com os parciais de 7-6 (7-1) e 6-3, num duelo que durou uma hora e 30 minutos.

No ranking feminino, a romena Simona Halep, finalista em Cincinnati, ascendeu ao 2.º posto, trocando de posição com a russa Maria Sharapova, que não joga desde a presença nas meias-finais de Wimbledon.

A norte-americana Serena Williams, vencedora do torneio, mantém o domínio absoluto da tabela da associação feminina (WTA).

Entre as portuguesas, Michelle Larcher de Brito conserva a 168.ª posição e continua a ser a mais bem classificada.