Siga-nos

Perfil

Expresso

Desporto

Sporting-Paços. Difícil “à brava”

  • 333

A equipa de Jorge Jesus foi surpreendida em Alvalade

Mário Cruz/Lusa

O Sporting parecia ter a vitória sobre o Paços bem encaminhada mas um penálti de João Pereira permitiu aos visitantes empatar o jogo: 1-1

A guerra Benfica-Jesus (com Sporting à mistura) era mais do que esperada, tal como a série de polémicas que se foi desenrolando nas últimas semanas, antes e depois da Supertaça entre rivais. Daí que Jesus não tenha ligado muito ao tema, na antevisão do Sporting-Paços de Ferreira: “A polémica tem afetado à brava...”

A bazófia de J. J. era, mais uma vez, justificada: em três jogos oficiais, o Sporting somava três (merecidas) vitórias. Até hoje. Não, a polémica não é para aqui chamada, mas a equipa de Jesus viu-se metida numa embrulhada difícil “à brava” quando João Pereira agarrou Cícero na área, aos 78 minutos, provocando uma expulsão e um penálti. Pelé fez o que Doumbia não tinha conseguido fazer na terça-feira: marcou e deixou o jogo em 1-1.

E por que razão é que o CSKA é para aqui chamado? Porque o Sporting volta a jogar contra os russos na quarta-feira (depois de ter vencido na 1ª mão por 2-1) e, hoje, Jesus mexeu pela primeira vez nos titulares habituais: saíram Adrien e Teo, entraram Aquilani e Montero.

Só que nem o italiano nem o colombiano foram felizes. O Sporting criou situações de perigo, sim, mas por intermédio de Carrillo, João Mário e Ruiz, os mesmos intervenientes que fizeram o 1-0 aos 41': João Mário desmarcou Ruiz, Ruiz virou para a direita e Carrillo marcou de primeira.

Apesar do domínio sportinguista, o Paços de Jorge Simão mostrou-se bem organizado defensivamente e saiu com perigo para o ataque, só que os extremos Roniel e Edson (ao contrário de Ruiz) pensaram mais neles do que na equipa e perderam jogadas que poderiam ter dado em oportunidades de golo.

Ao intervalo, Jesus tirou Montero e lançou Gelson e foi o puto a mexer com o jogo (que talento!), apesar de o golo não ter surgido. O Sporting fazia uma exibição q. b. para ganhar, mas o Paços não desistiu e empatou, num lance que foi muito contestado pelos adeptos (até porque tinha havido uma situação semelhante com Slimani, na outra área).

O Sporting 2015/16 tem mão de Jorge Jesus mas o resultado de hoje foi à Marco Silva: 1-1, o mesmo resultado que em 2014/15 e o mesmo resultado que foi visto cinco vezes em Alvalade, na época passada. Segue-se a Champions, quarta-feira, na Rússia: “Um jogo muito mais difícil do que o de hoje”, disse J. J. na flash interview. Tem razão, até porque o CSKA voltou hoje a vencer no campeonato russo (2-1 ao Rostov) e continua a ser líder. Ou seja, será difícil. À brava.