Siga-nos

Perfil

Expresso

Desporto

Duque lamenta as “excitações da época”, mas apela à união

  • 333

António Cotrim / Lusa

“Só espero que deem a Pedro Proença o mesmo apoio que me deram.” Duque, que era o presidente em exercício, perdeu por nove votos

Parabéns e obrigado. Na hora da derrota, o até agora presidente da Liga de Clubes pouco mais fez do que felicitar Pedro Proença, o senhor que se segue, e agradecer a quem esteve a seu lado durante os últimos nove meses.

Fugindo às polémicas que alimentaram a campanha eleitoral, Duque apelou ainda à união dos clubes em torno da Liga. “Só espero que deem a Pedro Proença o mesmo apoio que me deram”, disse.

Confrontado com a insistência dos jornalistas sobre uma manifesta divisão entre os clubes, Luís Duque limitou-se a dizer que esperava que “essa questão esteja encerrada com o fim das eleições”.

Sobre as alegadas ofensas pessoais de que teria sido alvo durante a campanha eleitoral, Duque lamentou. “Faz parte da excitação da época.”

Pedro Proença, apoiado por FC Porto e Sporting, venceu esta terça-feira as eleições na Liga de Clubes de Futebol Profissional. Triunfou com nove votos de diferença relativamente a Luís Duque, apoiado por Benfica e Braga.