Siga-nos

Perfil

Expresso

Desporto

Tragédia no motociclismo espanhol: dois mortos em corrida na América

  • 333

Segundos após o arranque, esta madrugada (hora portuguesa), os pilotos despistaram-se e acabaram por falecer. Um tinha 27 anos, o outro 35

Numa corrida relativa ao campeonato de MotoAmérica, no circuito Laguna Seca (na califórnia, nos EUA), na categoria superbike 1000, dois pilotos espanhóis, Bernat Martinez e Dani Rivas, despistaram-se. Apesar da pronta assistência e de terem sido levados imediatamente para o hospital mais próximo, os médicos nada puderam fazer e os pilotos acabaram mesmo por não sobreviver.

Segundo a imprensa espanhola, a mota de Dani Rivas perdeu potência, o que fez com que o espanhol, de 27 anos, se despistasse, ficando no meio da pista e acabando por ser atingido várias vezes por outras motas. Uma delas era guiada pelo espanhol Bernat Martinez (35 anos), que também acabou por falecer.

O presidente da MotoAmérica, Wayne Rainey, já se pronunciou sobre o trágico acontecimento, expressando num comunicado a sua tristeza e as suas condolências aos familiares dos pilotos espanhóis: “Não tenho palavras para descrever o que todos sentimos. Enviamos os nossos pêsames à família dos pilotos espanhóis. Estão nos nossos pensamentos”.

Rainey não foi o único a demonstrar a sua tristeza pelo sucedido. O presidente do conselho superior do desporto de Espanha, Miguel Cadernal, também deixou uma mensagem após o trágico acidente desta madrugada, admitindo que “é muito difícil dizer o que quer que seja quando ocorre um acidente que tira a vida a dois jovens desportistas, como o Dani e o Bernat, que lutaram e esforçaram-se para alcançar as mais altas metas desportivas. Em nome do conselho superior do desporto, e em meu nome, envio os mais sinceros sentimentos e pêsames”.