Siga-nos

Perfil

Expresso

Desporto

Apito Dourado, Benfica, Casillas, Messi vs Ronaldo, Mourinho e Lopetegui: o que Pinto da Costa disse ao “El País”

  • 333

NUNO ANDRÉ FERREIRA / LUSA

É uma entrevista que marcou a atualidade desportiva nacional deste arranque de semana: Pinto da Costa falou em portunhol ao “El País”, com vídeo e tudo a acompanhar, onde explica, entre outros tópicos, que há “um estudo das arbitragens” que “demonstrou que o Benfica foi favorecido com sete pontos” no último campeonato

Quem é melhor: Messi ou Ronaldo? “Não posso perder a capacidade de raciocinar”: Messi. Como e porquê Casillas? “Quando surgiu a possibilidade, mandei que parasse tudo [em relação a outros guarda-redes]”. Lopetegui? “Não ganhou nada, mas estou satisfeito”. Apito Dourado? “Estou de consciência tranquila”. Como consegue vender tão caro? “Tenho essa fama, mas na verdade vendo barato”. Revelações ao “El País”, aqui resumidas.

Casillas

“As estrelas interessam-nos sempre, mas era impensável. Estávamos à procura de um guarda-redes porque o titular, Fabiano, foi para a Turquia, e Helton já tem 37 anos, mas nunca pensámos em Casillas. Quando surgiu a possibilidade, perguntei se era real e ordenei que parasse tudo. O objectivo já era só o Casillas”

“Estamos muito contentes com a qualidade que ele tem como jogador, que toda a gente conhece, mas sobretudo com a sua humildade e personalidade. Apesar de ser uma estrela no futebol, é dos jogadores mais simples que eu já conheci no Futebol Clube do Porto”

Lopetegui

“Há vários meses que pensava que precisava de mudar de treinador. E não era mudar por mudar, mas sim mudar de mentalidade, de ambição e para isso é necessário um treinador jovem, com a ambição de crescer. Quando lhe falei para vir para o Porto, ele perguntou-me: ‘Fui a primeira opção ou sou apenas mais uma?‘. Eu disse-lhe que era o meu preferido, que se ele quisesse assinávamos naquele momento”

“Esteve durante uma semana a ver todos os jogos da equipa na temporada anterior”

"Houve alturas em que não precisaria de um treinador como Lopetegui. Quando tive na equipa o Hulk, o James e Falcão, era-me indiferente o treinador. Com eles é difícil não ganhar. Mas entrámos num período em que não temos esses jogadores nem a capacidade económica para os substituir e o trabalho é diferente".

No primeiro ano esteve bem, mas o próximo vai ser melhor. Não ganhou nada, mas estou satisfeito. Na Liga Portuguesa, um estudo das arbitragens demonstrou que o Benfica foi favorecido com sete pontos. Na Liga dos Campeões, apenas fomos eliminados pelo Bayern, nos quartos-de-final.

Transferências

“Não nunca, todos vêm porque o treinador os aprovou. Sempre foi assim. Todos os dias me oferecem jogadores, mas nunca mando encetar uma negociação se o treinador não me diz que concorda. Noutros casos a iniciativa é dele, como ocorreu com Casemiro e Tello. Brahimi, por exemplo, foi nos oferecido, e perguntei ao Lopetegui, que me deu a sua opinião.”

Tenho essa fama, mas na verdade vendo barato. Sou o que mais barato vende. Sou o que mais barato vende. Vendi Pepe por 30 milhões. Quantos partidos tinha jogado ele? Saiu muito barato. Antes o real Madrid comprava muitos defesas por 10 ou 15 milhões que não valiam nada. Caros são os que se compram barato e depois não jogam.

“Todos sabem que quando compram um jogador do Porto, compram qualidade, mas também personalidade. Fico feliz quando saem e triunfam lá fora”

Mourinho

“Em 2002 tínhamos o Boby Robson como treinador e o Mourinho (que tinha 29 anos) era o último dos seus ajudantes. Era uma pessoa afável, divertida, trabalhadora…O que mais apreciei nele é que apesar da sua posição subalterna, tinha uma grande ambição. Quem não tem ambição, não vai fazer nada de positivo na vida. Robson foi-lhe dando possibilidades e Mourinho era o seu braço direito no Barcelona. Então disse-lhe que voltaria ao Porto para ser treinador principal. Voltou e ganhou a Taça Uefa e a Champions. Nunca foi problemático é um grande amigo”

Cristiano vs Messi

“Não posso esquecer o sentimento patriótico, mesmo que queira, mas também não posso perder a capacidade de raciocinar. Fico muito triste quando os seleccionadores elegem o melhor jogador do mundo e vejo, por exemplo, o técnico português a não colocar Messi entre os melhores. Um absurdo”

“Ronaldo é o melhor do mundo. Messi é de outro planeta”

Champions

“O nosso país não tem capacidade económica. Podemos descobrir talentos, mas quando se destacam é impossível retê-los com os salários que se pagam e as loucuras que se fazem por aí, sobretudo em Inglaterra. Mas não vamos desistir”

Corrupção

“Tive dez processos em tribunal e fui absolvido em todos eles. Estou de consciência tranquila”