Siga-nos

Perfil

Expresso

Desporto

Morreu o piloto francês de Fórmula 1 Jules Bianchi

  • 333

Mark Thompson / Getty Images

“O Jules lutou [pela vida] até ao limite, como sempre fez, mas hoje a sua batalha chegou ao fim, afirmou a família num comunicado publicado no Facebook

O piloto francês de Fórmula 1 Jules Bianchi, de 25 anos, morreu na noite de sexta-feira na sequência dos ferimentos causados pelo grave acidente, em outubro passado, no Grande Prémio do Japão, anunciou, esta madrugada, a família.

"O Jules lutou [pela vida] até ao limite, como sempre fez, mas hoje a sua batalha chegou ao fim", afirmou a família num comunicado publicado no Facebook.

O jovem piloto morreu na noite de sexta-feira no Centro Hospitalar da Universidade de Nice, no sul de França, onde permanecia em coma desde o acidente ocorrido em Suzuka.

Bianchi ficou gravemente ferido depois o seu monolugar ter embatido contra uma grua que tentava remover o carro do alemão Adrian Sutil (Sauber), que se tinha despistado no local, durante o Grande Prémio do Japão de Fórmula 1, disputado em 05 de outubro de 2014, em condições climatéricas muito adversas.

O piloto da Marussia, que sofreu uma "lesão axional difusa", uma das formas mais graves de traumatismo cerebral, estava em coma na unidade de Nice, para onde foi transferido, em novembro, depois de ter recebido os cuidados iniciais no Japão.

Bianchi, que completava 26 anos no próximo mês, juntou-se à escuderia anglo-russa em 2013, tendo corrido em 34 Grandes Prémios e somado dois pontos no campeonato mundial até ao acidente no circuito de Suzuka.

No comunicado, a família do piloto francês agradeceu a todos os que demonstraram o seu afeto ao longo dos últimos meses. "Deu-nos uma grande força e ajudou-nos a lidar com momentos tão difíceis", afirmou, pedindo privacidade na hora do luto.

Na passada segunda-feira, Pierre Bianchi, pai do jovem francês, tinha afirmado estar "menos otimista" relativamente a um completa recuperação de Jules, depois de nove meses passados no hospital sem sinais de "progressos significativos".