Siga-nos

Perfil

Expresso

Desporto

A história de um serralheiro que passou a designer do "AS" à conta de Casillas

  • 333

Montagem de Luis Adrego (jovem do Barreiro)que fez capa no jornal desportivo "AS"

Cedida por Luís Adrego

O Expresso falou com Luís Adrego, serralheiro do Barreiro que passou do anonimato à fama quando decidiu fazer uma montagem de Iker Casillas como jogador do Porto e a imagem foi parar à capa do jornal espanhol "AS"

A imagem impressionou espanhóis e portugueses na quarta-feira: Iker Casillas vestido à FC Porto, na capa do "AS". Mas mais impressionante é o autor: um serralheiro português a quem o jornal nem pediu autorização para usar a montagem.

Luís Adrego, 31 anos, explica ao Expresso que era apenas mais uma brincadeira de Photoshop, algo que começou a fazer com mais regularidade há cerca de dois anos, quando decidiu criar a página “Adrego Design and Productions” no Facebook. Como adepto do Porto que é, decidiu fazer a montagem para mostrar o novo reforço do clube: “Claro que o intuito era mostrar aos seguidores da página e aos meus amigos no Facebook como seria ver Iker Casillas de dragão ao peito, como se fosse uma espécie de cartaz de boas vindas”.

O que se seguiu foi surpreendente, até para Luís. “Honestamente nunca pensei que fosse ter o impacto todo que teve, pois faço isto por gosto. Fiquei tremendamente surpreendido quando soube que o meu trabalho tinha ido para a capa do 'AS'”, explicou.

Quando se apercebeu, decidiu mandar uma mensagem ao jornal espanhol “a agradecer o facto de terem usado uma imagem feita por mim para ser capa do jornal. Fiquei tremendamente lisonjeado”. Nem sequer pensou no facto de o jornal não lhe ter pedido autorização, porque, como confessa, não é “nenhum profissional”.

Agora, perante a dimensão mediática que a imagem alcançou, adianta que tornar aquilo que faz por diversão no seu “ganha-pão" é uma hipótese a considerar: “Agora estou a pensar em apostar nesta área, pois sempre foi um sonho fazer deste hobbie uma coisa mais séria”.

A sua profissão actual “nada tem a ver com design gráfico”, nem nunca fez qualquer curso na área. Na verdade é um autodidacta: “Nunca fiz nenhum tipo de formação nesse sentido, aprendi por mim mesmo com muita tentativa e erro. E claro com o nosso amigo YouTube e os tutoriais, que dão imenso jeito”.

O agora famoso serralheiro do Barreiro deixa ainda uma mensagem cautelosa, mas de crença, quanto à próxima época dos dragões: “Sou realista, mas acho que os reforços à partida são excelentes e deixam os adeptos animados e com muita expetativa. Mas vai ser uma corrida taco a taco com o Benfica e Porto, com o Sporting a correr por fora”.