Siga-nos

Perfil

Expresso

Desporto

Sorteio dos árbitros regressa com polémica

  • 333

Benfica bateu com a porta na assembleia-geral da Liga de Clubes. Paulo Gonçalves ficou indignado com a aprovação em "cinco minutos" da proposta do FC Porto e do Sporting.

A Liga de Clubes aprovou por maioria o regresso do sorteio como modelo de designação dos árbitros nos jogos das ligas profissionais de futebol.

A proposta conjunta do FC Porto e Sporting para mudar o atual regime de nomeação direta do conselho de arbitragem - que dura há doze anos - passou na assembleia-geral extraordinária que decorreu na noite desta segunda-feira, em Santa Maria da Feira. Foram 28 votos a favor e 16 contra, um deles veio do Benfica.

O representante do clube encarnado, o jurista Paulo Gonçalves, mostrou-se indignado e abandonou a reunião. "Estranho que o FC Porto e Sporting tenham conseguido consensualizar uma proposta em apenas cinco minutos", disse Paulo Gonçalves, citado pela "Bola".

"O Benfica não podia votar em consciência uma situação que não foi discutida nem ponderada por ninguém", acrescentou.

Do lado do FC Porto esteve presente o presidente Pinto da Costa, enquanto Bruno Mascarenhas fez-se representar pelo Sporting. É vogal da direção.

A proposta precisa agora de ser ratificada pela Federação Portuguesa de Futebol para entrar em vigor.