Siga-nos

Perfil

Expresso

Desporto

Mais uma medalha com Pimenta

  • 333

MAXIM SHIPENKOV / EPA

Canoísta português tornou a experimentar o pódio nos Jogos Europeus - foi a segunda vez no espaço de dois dias

A canoagem portuguesa encerrou a sua participação nos I Jogos Europeus, que decorrem no Azerbaijão, com duas medalhas de prata, ambas conquistadas por Fernando Pimenta - uma em K1 1.000, segunda-feira, e a outra em 5.000, esta terça.

Depois de ter sido segundo nos olímpicos 1.000, perdendo para o melhor canoísta da atualidade, o alemão Max Hoff, por apenas 216 milésimos - costumava ficar a dois segundos do alemão -, Pimenta voltou a andar colado ao campeão europeu e mundial esta terça-feira, em prova a dois na qual ficou a 10 segundos do ouro.

Com mais esta prata, Portugal elevou para quatro medalhas a contabilidade no Azerbaijão, pois João Silva teve o mesmo metal no triatlo e o ténis de mesa foi ouro por equipas, com Marcos Freitas, Tiago Apolónia e João Geraldo.

Pimenta foi estóico, pois competiu nestas duas provas e ainda na K4 1.000, na qual foi quinto esta terça-feira de manhã, onde fez equipa com João Ribeiro, Emanuel Silva e David Fernandes. Frente a algumas seleções que vinham de seletivas internas para os Mundiais, por isso em pico de forma, o quarteto luso falhou o bronze por apenas 183 milésimos.

Mais resultados
Hélder Silva tem a largada como um dos seus pontos fortes, mas esta terça falhou nesse capítulo e, em prova tão curta, apenas conseguiu levar a sua C1 ao quinto lugar nos 200 metros.

Teresa Portela, que competia na pista um, fora do centro da corrida, teve uma prova atípica, ficando cedo para trás e terminando no nono lugar em K1 500. Mais tarde, foi à final B dos 200 e venceu, pelo que ficou em 10º, completando assim o seu conjunto de resultados internacionais mais discretos dos últimos anos.

As olímpicas Joana Vasconcelos e Beatriz Gomes foram à final de K2 200 e ficaram em sexto lugar, a nove décimas de segundo do bronze.