Siga-nos

Perfil

Expresso

Desporto

Saíram de Lisboa para fazer história: tripulação exclusivamente feminina vence etapa da Volvo Ocean Race

  • 333

TIAGO PETINGA / Lusa

Três dias, treze horas e onze minutos - eis o tempo que o veleiro triunfador levou para fazer o que ainda ninguém tinha visto

O veleiro sueco SCA tornou-se esta madrugada a primeira embarcação com tripulação exclusivamente feminina a vencer uma etapa da Volvo Ocean Race (VOR), prova que na madrugada desta quinta-feira chegou a Lorient, França, depois de ter partido de Lisboa no domingo.

O SCA, liderado pela skipper britânica Samantha Davies, cruzou a linha de chegada às 3h11 locais (2h11 em Portugal continental), depois de ter percorrido 647 milhas náuticas (cerca de 1207 quilómetros) entre Lisboa e Lorient.

Depois do veleiro sueco - que gastou três dias, treze horas e onze minutos para ligar de Lisboa a Lorient - chegou o Abu Dhabi, líder da classificação e provável vencedor da 12.ª edição da VOR, que termina a 22 de junho em Gotemburgo.

Atrás do Abu Dhabi, dirigido pelo 'skipper' britânico Ian Walker, segue na classificação geral o Brunel, mas com uma distância pontual bastante difícil de recuperar.

A terceira posição é ocupada pelo barco chinês Dongfeng, último na tirada que hoje terminou em França, seguido do Mapfre e do Alvimédica, quarto e quinto da geral, respetivamente.

O SCA, que liderou sempre a 8ª e penúltima etapa da regata, mantém-se no 6.º posto da classificação geral, apenas à frente do Vestas, que voltou à competição em Lisboa depois de ter falhado cinco etapas devido a um acidente da segunda tirada.

A frota da Volvo Ocean Race terá agora uma curta paragem em França, de onde partirá na próxima segunda-feira para Gotemburgo, para a derradeira etapa, com uma paragem técnica em Haia, na Holanda.