Siga-nos

Perfil

Expresso

Desporto

Dress code na base do processo disciplinar contra Marco Silva

  • 333

Manuel de Almeida/Lusa

A não utilização do fato oficial do Sporting num dos jogos da Taça de Portugal e a falta a uma reunião do clube estão na base do processo disciplinar contra o treinador, avança a SIC Notícias.

O Sporting alega que Marco Silva não vestiu o fato oficial dos 'leões' numa das eliminatórias da Taça de Portugal. Este é um dos argumentos que constam do processo disciplinar instaurado pelo clube de Alvalade ao treinador, segundo a SIC Notícias. 

Outra das razões invocadas pelo Sporting é a ausência de Marco Silva numa reunião que estava agendada para a última terça-feira.

Um caso polémico que envolveu o argentino Marcos Rojo para o Manchester United, por 20 milhões de euros, que deram origem a uma queixa contra a Doyen Sports também consta das razões apresentadas pelo clube para o processo disciplinar contra Marco Silva e ao consequente despedimento por justa causa, revela a estação de Carnaxide. 

Esta tarde, a SAD do Sporting comunicou à CMVM que Marco Silva foi informado do seu processo de despedimento por justa causa, uma vez que não foi possível chegar a acordo com o técnico. "Nesse sentido, foram dadas indicações expressas para de imediato serem levados a cabo os necessários procedimentos", disse o clube em comunicado.