Siga-nos

Perfil

Expresso

Desporto

Benitez chorou no regresso ao Real Madrid

  • 333

Benitez e o presidente do Real Madrid, Florentino Perez, na tradicional foto de apresentação do novo treinador

Emilio Naranjo /EPA

Desde 2009 que o clube não tinha um treinador espanhol. Antigo técnico do Nápoles assinou por três anos

Sem grande novidade, o Real Madrid confirmou esta manhã que Rafael Benitez vai treinar a equipa de futebol nas próximas três temporadas. A comunicação foi feita através do site oficial, do clube espanhol.

'Rafa' Benitez, que orientava atualmente os italianos do Nápoles, sucede no cargo ao italiano Carlo Ancelotti, que foi demitido do cargo após duas temporadas em Madrid. Regressa assim a uma casa que bem conhece, onde foi jogador e inicou a sua carreira de treinador.

Aliás, o técnico de 55 anos emocionou-se várias vezes durante o seu curto discurso na cerimónia de apresentação. Dez segundos depois de ter começado a falar já estava com a voz embargada e os olhos reluzentes. 

"Estou de volta à minha casa. Prometo trabalho e dedicação, espero que as coisas corram bem, que ganhemos títulos e possamos devolver a confiança que depositaram em mim", disse.

Pouco depois, na conferência de imprensa, Rafa disse aos jornalistas que chega a um clube cujo plantel "é, sem dúvida, o de maior qualidade que tive em toda a minha carreira". E reforçou "estar claro que com tão bons futebolistas e tanta qualidade, há que atacar e marcar muitos golos".  

Antes de regressar a Madrid, o treinador já tinha passado por grandes clubes, como o Liverpool (onde conquistou uma Liga dos Campeões, em 2005), Inter e Chelsea, entre outros.

Desde 2008/09, com Juande Ramos, que o Real não tinha um treinador espanhol.