Siga-nos

Perfil

Expresso

Desporto

"Ajuda aí: penso que fui o único português a ser bicampeão no Benfica, não é?"

  • 333

A conferência de imprensa de Jesus bicampeão começa com uma dúvida e acaba com certezas: o campeonato ganhou-se em Alvalade, contra o Sporting, e em casa, com o FC Porto. Jesus em discurso direto.

O que é ser bicampeão
Ajuda aí [para o assessor]: sou o único treinador no Benfica a ser bicampeão, não é? Português, atenção, português. Fomos campeões com todo o mérito. Equipa muito sólida, grupo unido, fraquezas, forças. Foi o desenrolar de uma época em que nós acreditámos sempre neste objetivo. 

O jogo de Guimarães
O Benfica fez 45 minutos brilhantes, os melhores fora da Luz. Fomos prejudicados por uma ou outra decisão do fiscal de linha, árbitro auxiliar. Na segunda parte um jogo mais dividido, mas o Vitória sem grandes oportunidades. Não nos criaram problemas e foram obrigados a trabalhar nos momentos defensivos. O Benfica fez aquilo que costuma fazer. Merecíamos sair daqui com uma vitória folgada. 

Ouvidos de mercador
Sei perfeitamente de onde vêm as críticas, são pagos para isso, não é? Estou preparado para estas situações. Não desvaloriza nada estas opiniões. O que justifica é o que o Benfica fez este campeonato. O FC Porto tem dos melhores jogadores, talvez o melhor ponta-de-lança da Europa. O Benfica foi melhor e também teve mais experiência. Fomos pragmáticos em determinados jogos.

Como se ganham títulos
Dois jogos cruciais: o jogo do FC Porto em casa e o jogo de Alvalade, com o Sporting. Anulámos primeiro um adversário e depois anulámos o outro, em casa, para termos algum conforto psicológico.