Siga-nos

Perfil

Expresso

Desporto

Lopetegui, em Munique, aponta para Lisboa: "Há muitos que não querem, mas vamos levantar-nos"

  • 333

FOTO SVEN HOPPE/EPA

Apesar da derrota pesada, o treinador do Porto elogiou a prestação da equipa na Champions: "Perdemos por três golos de diferença na eliminatória. O PSG perdeu com o Barcelona por mais". Leia as reações dos portistas.

Julen Lopetegui

"A equipa não fez uma boa primeira parte, começámos mal o jogo e sofremos muito cedo. O Bayern é uma equipa muito, muito forte, a nível individual e coletivo, e conseguiu na primeira parte resolver o jogo e a eliminatória.

Na segunda parte estivemos melhor, tivemos mais bola. Com uma equipa como o Bayern, se não tens bola, estás perdido. Tens de estar ao teu máximo nível para ganhar a equipas assim.

Estamos tristes pela derrota, mas a equipa fez uma Champions espectacular: em doze jogos só perdemos este. A primeira parte castigou-nos, mas temos de reconhecer o nosso mérito: somos a equipa mais jovem da Champions e temos uma diferença de experiência muito grande para o Bayern, são 400 jogos de diferença e isso nota-se nestas circunstâncias.

Não conseguimos ter a bola como queríamos e quem não consegue ter a bola contra o Bayern sofre muito. Na segunda parte jogamos um pouco mais. Perdemos por 7-4 na eliminatória, três golos de diferença. O PSG perdeu com o Barcelona por mais golos de diferença, cinco. E na época passada o Bayern também perdeu com mais golos de diferença. É a Champions. 

Agora estamos a falar da Champions, do campeonato falamos depois. Sei que há muitos que não querem, mas vamos levantar-nos, não se preocupem. Foi uma competição magnífica para nós, mas foi uma derrota muito triste porque tínhamos muita esperança."  

 

Herrera

"Começámos menos agressivos do que no Porto e eles estiveram melhor, mais pressionantes, e isso provocou-nos dificuldades. Quando reagimos, já tínhamos sofrido três golos.

Na segunda parte fomos mais o Porto que temos sido esta época, mas não conseguimos mais. Estamos tranquilos. Há que levantar a cabeça porque ainda há o campeonato para jogar. Ficámos mais fortes para o jogo da Luz, isto vai ajudar-nos.

Foi o incrível o apoio do adeptos e estamos tão desiludidos como eles. É uma derrota que nos dói, como a eles, mas agora o mais importante é conseguir o campeonato."

 

Jackson

"Sabíamos a dificuldade que ia ser este jogo e que os erros se pagavam caro aqui. Podíamos ter feito uma melhor primeira parte. Na segunda pressionámos mais e subimos e criámos oportunidades. Agora temos de pensar no campeonato."

 

Quaresma

"O Bayern entrou com tudo, a jogar em casa, com o apoio dos adeptos. Fez um golo muito cedo e alterou o jogo todo aí.

Agora temos um jogo importante contra o Benfica que pode decidir o campeonato."